×
Por
AFP
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
10 de jul de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Falece Carlo Benetton, o mais novo dos irmãos criadores da marca homónima

Por
AFP
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
10 de jul de 2018

Milão, 10 de julho de 2018 (AFP) - Carlo Benetton, o mais novo dos irmãos criadores da marca homónima, faleceu aos 74 anos, informou a empresa nesta terça-feira (10). Benetton morreu na sua casa em Treviso, no norte de Itália, como consequência de uma doença, e deixa quatro filhos.


Carlo Benetton, à esquerda, e os seus irmãos Gilberto, Giuliana e Luciano - Benetton Group


Com os seus irmãos Luciano e Gilberto e a sua irmã Giuliana, Carlo Benetton fundou a empresa em 1965 em Ponzano Veneto, na região nordeste de Itália, inicialmente focada em malhas. A ideia partiu de Luciano, o irmão mais velho, e rapidamente as camisolas macias em lã começaram a ser fabricadas em várias cores e conquistaram o público.

O sucesso da "United Colors of Benetton" cresceu e tornou-se global entre 1982 e 2000, com as fortes campanhas publicitárias do fotógrafo Oliviero Toscani, como a que mostrava uma mulher negra a amamentar um bebé branco.

Mas, desde o início da década, a marca, que se diversificou no setor de vestuário, enfrentou dificuldades nas vendas, o que levou Luciano Benetton, de 83 anos, a retomar as rédeas da empresa neste outono após ter deixado o cargo em 2012.

A Benetton encerrou o ano de 2017 com uma perda de 180 milhões de euros, a maior da sua história, mas espera ver em 2019 os primeiros efeitos da nova estratégia. Luciano Benetton explicou ao jornal italiano La Repubblica, em novembro do ano passado, que ver o declínio da “United Colors of Benetton" era uma "dor intolerável”. Segundo ele, o “pecado mais grave” foi “deixar de fazer camisolas”. 

Ao começar a fabricar outras peças de vestuário, a empresa distanciou-se do seu ADN e enfrentou dificuldades para se renovar, enquanto outros players entraram no mercado da "fast fashion", como H&M, Zara e Uniqlo.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.