×
306
Fashion Jobs
Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
22 de out de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Família Ferragamo poderá vender parte do capital para financiar relançamento da marca

Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
22 de out de 2020

A família que controla a marca italiana Salvatore Ferragamo parece estar a negociar de maneira informal, com vários investidores financeiros, a venda de uma participação minoritária na empresa. Segundo fontes citadas pela Reuters, os proprietários da empresa procuram uma recuperação da marca que se confronta com o contexto difícil para todo o setor.


A Salvatore Ferragamo poderá propora venda de uma participação de cerca de 20% na holding que controla a empresa - Ferragamo


Segundo algumas fontes que proferiram comentários na condição de anonimato, pois o assunto ainda é confidencial, o presidente da empresa, Ferruccio Ferragamo – filho do fundador Salvatore Ferragamo que criou a marca homónima desenhada e produzida em Itália desde 1927, atual líder da companhia de calçado –, teria iniciado as negociações logo após o verão, propondo a venda de uma participação de cerca de 20% na holding que controla a empresa, listada na bolsa de valores de Milão.  

Mas, de acordo com um porta-voz da empresa avaliada em dois bilhões de euros, a família Ferragamo não tem intenção de vender qualquer participação na empresa.

Porém, segundo as fontes anónimas, a família Ferragamo ainda estaria numa fase preliminar de negociações, a testar primeiro o apetite do mercado. Além disso, a família não estaria pronta para abrir mão do controlo total da gestão da empresa, o que pode representar uma barreira para potenciais investidores.
 

© Thomson Reuters 2020 All rights reserved.