×
305
Fashion Jobs
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa - CDI - Part-Time - 30h - m/h
Efetivo · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Madeira Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Funchal Rua - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Alma Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Coimbra
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Vendedor(a) - CDD 15h - 6 Meces - Porto Norte H/F
Temporario · SENHORA DA HORA
TOMMY HILFIGER (RETAIL)
Vendedor/a - 30h - Chiado
Temporario · LISBOA
Publicado em
20 de mai. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Farfetch entra para Top 3 das empresas mais atrativas para trabalhar em Portugal

Publicado em
20 de mai. de 2022

Segundo o estudo “Randstad Employer Brand Research” da consultora Randstad especializada em recrutamento e formação, a Farfetch entra para o Top 3 das empresas mais atrativas para trabalhar em Portugal, com uma subida de oito lugares. O mesmo acontece com a Bosch, que sobe 15 lugares. Já a Delta Cafés é considerada a empresa mais atrativa para trabalhar em Portugal.


Farfetch Beauty - Instagram: @farfetch


O Farfetch Group "é uma família de marcas que inclui a farfetch.com, para o mercado de comércio eletrónico de luxo; a Browns, a icónica boutique britânica de moda e artigos de luxo; a Stadium Goods, para o principal mercado mundial de sneakers e streetwear; e o New Guards Group, a plataforma de marcas que alberga nove marcas internacionais", diz a Farfetch no site fundado em 2008 pelo empresário português José Neves, com sede fiscal em Londres.

Atualmente, a Farfetch conta com quatro filiais em Portugal (Braga, Guimarães, Lisboa e Matosinhos no Grande Porto). Outras filiais no mundo: Los Angeles, Nova Iorque, São Paulo, Tóquio e Xangai.

As sete do Top 10



No Top 10 ficaram ainda a Nestlé, Hovione, Siemens, Banco de Portugal, RTP, The Navigator Company e Volkswagen Group Services.

O estudo concluiu assim que os sectores mais atrativos para trabalhar são a Saúde, IT, Consultoria e Telecomunicações, Automóvel, Turismo, Desporto e Entretenimento, FMCG e Indústria Alimentar, Banca e Serviços Financeiros, Indústria, Aviação, Costumer Care e Shared Services e Serviços, como anuncia a Marketeer.

O inquérito foi realizado online em janeiro, a 4997 indivíduos (profissionais ativos, desempregados e estudantes), com vista a fazer um levantamento dos fatores que levam os trabalhadores portugueses a optar por dada empresa e quais as características mais importantes.

Fatores mais valorizados



O salário e benefícios (72%) são os fatores mais valorizados, como o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal (67%) e o bom ambiente de trabalho (67%), que em 2022 são considerados mais importantes do em 2021 (1%-2% mais).

As oportunidades de upskilling e reskilling (81%) são também valorizadas em relação à média à europeia (59%), em especial para os jovens entre 18 e 34 anos (85%) e com maiores habilitações académicas (84%).

Já o trabalho remoto respeitante a 38% dos trabalhadores nacionais, é especialmente realizado por mulheres (40%) e por quem conta com mais habilitações (48%). Para 32%, "trabalhar remotamente é impossível ou não permitido", confirma a publicação especializada em marketing.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.