×
302
Fashion Jobs
DIRETOR(A) INDUSTRIAL
Diretor(a) Industrial
Efetivo · MONACO-VILLE
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
DAMA DE COPAS
Consultora de Lingerie
Efetivo · PORTO
THE KOOPLES
Sales Assistant 16h - Eci Lisbon
Efetivo · LISBOA
EMPRESA DE MODA NO SETOR DO LUXO
Vendedor/a de Loja de Gama Alta
Temporario · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Foz Plaza - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Figueira da Foz
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Coimbra cc Forum Coimbra - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo ·
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa cc Chiado - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo · LISBOA
Publicado em
21 de abr. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Fashion Revolution Week: iniciativa global chega a Lisboa e Porto de 20 a 24 de abril

Publicado em
21 de abr. de 2022

A Fashion Revolution Week (FRW) é uma iniciativa global, que mobiliza os consumidores em torno de uma moda mais sustentável, trocando peças de roupa em bom estado, sem deixar de fora os criadores e produtores. Também passa por Portugal, e sempre no mês de abril.


Cinco dos 12 membros da Portugal Fashion Revolution, com Salomé Areias ao centro - Instagram: @fash_revportugal


É o ativismo a força motriz da FRW, um movimento global que desafia a uma reflexão sobre a indústria da moda com iniciativas anuais, que promovem a consciencialização através de workshops, seminários, documentários e mercados. 

O facto
 do evento acontecer anualmente, no mês de abril, serve para evocar o desabamento do edifício de nove andares Rana Plaza, no Bangladesh, que ocorreu no dia 24 de abril de 2013, e resultou na morte de milhares de pessoas, principalmente trabalhadores de cinco fábricas têxteis, que fabricavam peças para marcas como a Primark, Benetton ou Mango.

A FRW entrou em Portugal pelas mãos de Salomé Areias, também arrancando em abril, como acontece em todo o mundo, e destacando o Swap Market que é, desde o início, a atividade mais popular, e que este ano vai acontecer, respetivamente, no sábado (23 de abril) na Escola de Moda GUDI do Porto, entre as 11 e 18 horas; e no domingo (24), no Centro de Inovação da Mouraria, em Lisboa, entre as 14 e 21 horas. As inscrições são limitadas.


Um dia de programação da FRW no Porto - Instagram: @fash_revportugal


A FRW decorre entre Lisboa e Porto, desde quarta-feira (20) e vai até domingo (24), em torno de tendências de moda e comportamentos de consumo. O movimento online começou no Reino Unido e chegou assim a Portugal com Salomé Areias, que o descobriu através da hashtag #whomademyclothes, quando já estava ligada à área da moda.

Salomé Areias é uma ativista apaixonada pelos comportamentos do consumidor, que estudou Design de Moda e Sociologia da Moda entre Lisboa e Buenos Aires, sendo atualmente doutoranda bolseira da FCT em Ambiente e Sustentabilidade na NOVA de Lisboa. Como gestora de produtos, trabalhou e viveu em Gante na Bélgica; Zhuhai na província chinesa de Cantão; e Luanda em Angola.

Como fundadora da Fashion Revolution em Portugal, no ano de 2014, "aprofundou-se na Sustentabilidade e questionou-se se a transparência dentro das cadeias de abastecimento seria suficiente para fazer as pessoas agirem coletivamente em prol da justiça climática", pode ler-se no seu perfil do LinkedIn. 



Programa da FRW em Lisboa - Instagram: @fash_revportugal


Em 2014, Salomé Areias avançou a solo com a dita associação sem fins lucrativos; em 2016, contou com a colaboração de mais quatro membros e atualmente são 12. Considera que este é, sobretudo, “um movimento para empoderar os clientes e pressionar as grandes marcas” e que "as trocas funcionam como um suporte importante, onde os artigos ganham valor" real e emocional.

Sobre o Swap Market, Areias adianta tratar-se do evento mais significativo da FRW, onde as pessoas "vão entregar e receber com amor aquilo que viveram com essas peças de roupa”, sendo que podem trazer até 10 peças em bom estado, que passarão por uma triagem à chegada.

No entanto, o programa da presente FRW inclui também várias conversas sobre assuntos cruciais a respeito de uma produção têxtil menos acelerada, da indústria de revenda, do desperdício na moda e do movimento DIY (Do It Yourself).

coordenadora da Portugal Fashion Revolution lembra ainda que, não obstante todos os esforços, a sustentabilidade é muito complexa e não se pode evitar por completo o impacto da transformação de uma matéria-prima.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.