×
376
Fashion Jobs
JD SPORT
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services - Compensation (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Demand Planner (m/f)
Efetivo · Maia
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
SANDRO PORTUGAL
20hr Sales Assistant Eci Porto Summer h/m
Temporario · VILA NOVA DE GAIA
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Guimarães Espaço
Temporario · Guimarães
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Antas
Temporario · Porto
SWAROVSKI
Vendedor(a) - Almada Forum 20 h (Temporal)
Temporario · ALMADA
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Norteshopping
Temporario · Matosinhos
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Foz Plaza - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Figueira da Foz
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Amoreiras - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Lisboa
AMERICAN VINTAGE
Sales Assistant Part Time 10h (M/W)
Efetivo · LISBOA
Publicado em
22 de fev. de 2017
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Fashion Week de Milão: uma temporada de transição

Publicado em
22 de fev. de 2017

Depois de Nova Iorque e Londres, é a vez de Milão receber o bastão. A Semana de Moda dedicada às coleções femininas para o outono-inverno 2017-18, que se apronta para invadir a capital lombarda de 22 a 27 de fevereiro, apresenta um calendário rico, antes do anúncio de grandes novidades para a próxima temporada de setembro.

Bottega Veneta desfilará de novo na Academia das Belas Artes de Brera com a moda masculina e feminina. - © PixelFormula


As instâncias da moda italiana decidiram, por outro lado, anular o tradicional almoço de gala que reúne todos os atores do 'Made in Italy' na abertura da Fashion Week, em sinal de homenagem a Franca Sozzani, famosa redatora-chefe da Vogue Itália morta a 22 de dezembro passado. Uma missa será celebrada em sua honra no Duomo, catedral de Milão, na segunda-feira, 27 de fevereiro.
 
No total, a Fashion Week lombarda exibe 174 coleções com 70 desfiles oficiais (aos quais são acrescentados diversos shows fora do calendário, dentre os quais Dolce & Gabbana, no domingo, 26 de fevereiro, Kristina Ti ou ainda Roccobarocco), assim como 92 apresentações, contra 176 coleções com 71 desfiles e 90 apresentações em setembro passado.

Uma semana enriquecida por 37 eventos paralelos, entre festas, inaugurações de butiques e outras exposições. Sem que nos esqueçamos da participação de 15 talentos promissores seleccionados pela Câmara da Moda Italiana, colocando-lhes à disposição o "Fashion Hub Market", um espaço dentro do UniCredit Pavilion, o quartel-general da Fashion Week, onde eles poderão mostrar suas coleções.
 
Esta edição, que se inicia esta quarta-feira, se distingue sobretudo pela chegada de seis novos nomes ao calendário, dentre os quais três marcas chinesas: Angel Chen, convidada no âmbito do Mercerdes-Benz International Designer Exchange Program, Xu Zhi, fundada pelo criador Xuzhi Chen, que é convidado de Giorgio Armani, e Annakiki, cuja estilista Anna Yang acaba de abrir um escritório em Milão.
 
A isso aí são acrescentadas a marca Situationist do designer georgiano Irakli Rusadze, que desfila também pela primeira vez em Milão convidado pelo salão de investigação White Milano, e a Vionnet, a histórica grife francesa hoje dirigida pela miliardária cazaque Goga Ashkenazi, que abandona Paris para integrar a edição milanesa.
 
Vale ressaltar o regresso ao calendário da casa de moda Angelo Marani, que desfilou em off na temporada passada e cujo estilista fundador homónimo faleceu em janeiro passado. A direção criativa foi assumida pela sua filha Giulia.

A Sala das Cariátides do Palácio Real receberá vários desfiles. - Instagram Cameramoda.it


No entanto, faltarão ao chamado Roberto Cavalli, em fase de reestruturação e cujo diretor de criação Peter Dundas saiu em outubro passado, bem como as jovens marcas San Andres Milano e Piccione.Piccione, que haviam debutado no calendário milanês respetivamente em fevereiro de 2015 e fevereiro de 2016.
 
Três outras grifes, por sua vez, abandonaram Milão por outros destinos: Philipp Plein optando por Nova Iorque, Ports 1961 por Londres e Uma Wang por Paris, onde desfilará na sexta-feira, 03 de março. Por fim, Giamba, a linha jovem de Giambattista Valli, que havia entrado no programa oficial na temporada passada depois de vários shows organizados em Milão em off, declarou que estava a retirar-se.
 
Quanto à Dsquared2, a marca dos gémeos canadenses Dean e Dan Caten, ela também não desfila esta temporada feminina, já que preferiu apresentar suas duas coleções para homem e mulher em um único show durante a Fashion Week masculina de janeiro.
 
De modo inverso, a Gucci e Bottega Veneta, que saltaram o encontro de janeiro, vão apresentar, por sua vez, um show misto respetivamente esta quarta-feira, 22 de fevereiro, e sábado 25. Dois desfiles muito aguardados, assim como aquele da Marni, onde o novo diretor artístico Francesco Risso assinará sua primeira coleção feminina depois da saída da fundadora Consuelo Castiglioni em outubro passado.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.