×
318
Fashion Jobs
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
20 de nov de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Federação Francesa confirma desfiles masculinos e de alta costura em janeiro

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
20 de nov de 2020

A Fédération de la Haute Couture et de la Mode (FHCM), órgão regulador da moda francesa, anunciou as datas das próximas temporadas de moda masculina e alta costura para janeiro de 2021, confirmando que se irão realizar no início do próximo ano.


Chanel - outono-inverno 2020 - Alta Costura - Paris - © PixelFormula


A federação fez o anúncio um dia depois da Pitti, a gigantesca feira de Florença, revelar que ira adiar o seu próximo evento de janeiro para fevereiro devido à preocupação contínua com a pandemia de coronavírus.
 
No entanto, em Paris, a federação anunciou que acolherá duas temporadas completas em janeiro. As datas das próximas duas temporadas de desfiles em Paris serão as seguintes: a masculina decorrerá de terça-feira, 19, a domingo, 24 de janeiro de 2021, e a temporada de alta costura de segunda-feira, 25, a quinta-feira, 28 de janeiro de 2021.

A federação também divulgou estimativas do impacto mediático global da sua temporada de desfiles mais recente. A última fashion week de Paris, dedicada quase exclusivamente à moda feminina, decorreu de 28 de setembro a 6 de outubro. No total, figuraram no calendário oficial 82 casas, com 17 desfiles ao vivo, 19 apresentações físicas e 46 eventos exclusivamente digitais. As próximas duas temporadas deverão ser uma mistura semelhante de desfiles ao vivo, encontros físicos e apresentações online.

Todo o conteúdo da temporada de setembro/outubro de 2020 foi apresentado na plataforma desenvolvida pela FHCM em parceria com a Launchmetrics. A oferta, pensada tanto para profissionais como para o público em geral, foi enriquecida com conteúdos adicionais das casas de moda, diversos meios de comunicação e parceiros culturais dos eventos.
 
No total, o conteúdo de vídeo de todas as casas registadas no calendário oficial atingiu um total de 153,5 milhões de visualizações, das quais 135 milhões de visualizações no YouTube, juntamente com 18,5 milhões de visualizações cumulativas no Weibo, Tencent Video e Wechat. Já a plataforma da fashion week de Paris acumulou 230 mil visitantes e 606 mil page views.


Hermès - outono-inverno 2020 - Moda Masculina - Paris - © PixelFormula


Utilizando algoritmos de aprendizagem Launchmetrics, a cloud de desempenho de marca para moda e luxo, o valor do impacto mediático combinado desta última Semana da Moda de Paris foi estimado em 123 milhões de dólares.

Esta audiência foi complementada pela visibilidade proporcionada pelo The New York Times, The Asahi Shimbun e Canal+, agregando 1,5 milhão de páginas vistas e "ajudando a aumentar a visibilidade da Semana da Moda de Paris e das casas nas suas comunidades e nos territórios que cobrem respetivamente", assegurou a federação em comunicado.

"Google, YouTube, Instagram, Facebook, Canal+, The New York Times, The Asahi Shimbun e Hylink (para as redes chinesas) formaram uma rede de parceiros essencial para a ampliação desta nova forma de Semana da Moda de Paris, contribuindo para levar a diversidade e a criatividade das casas do calendário oficial ao cenário internacional. Até ao momento, a FHCM tem o prazer de partilhar o sucesso do sistema estabelecido, oferecendo à Semana da Moda de Paris um amplo impacto como um sinal da sua aceleração digital", acrescentou a organização com sede em Paris.

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.