×
361
Fashion Jobs
TIFFOSI
Comprador de Moda (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Gestor de Produção
Efetivo · PORTO
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- Centro Comercial Vasco da Gama (m, f)
Efetivo · Lisboa
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo · Alicante
CONFIDENCIAL
Senior Sales Assistant
Efetivo · LISBOA
BOUTIQUE DOS RELÓGIOS
Assistente de Vendas - Cascais
Efetivo · CASCAIS
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Barcelos - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Barcelos
MINGA LONDON
Fashion Photographer
Efetivo · GUIMARÃES
SALSA
Salsa Gerente de Loja – Grande Porto – Encontra Aqui a Tua Paixão
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Team Leader (m/f)
Efetivo · Braga
ESTÉE LAUDER
Finance Administrator (Part-Time)
Efetivo · LISBON
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Vasco da Gama - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Lisboa
KLEED LOUNGEWEAR
Sales / E-Commerce / Customer Care Manager
Efetivo · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Porto - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Porto
ABSOLUTARGET
Ecommerce Assistant
Estágio · VILA DO CONDE
EL CORTE INGLÉS, GRANDES ARMAZÉNS SA
Vendedores | Segmento de Luxo
Efetivo · LISBOA
HUGO BOSS
Assistant Store Manager Boss Store Oeiras Parque (m/f)
Efetivo · Oeiras
MAJE
Vendedor(a), 20Hrs - Eci Porto
Temporario · PORTO
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Algarve Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Albufeira
SALSA
Salsa Gerente de Loja – Palácio do Gelo – Encontra Aqui a Tua Paixão
Efetivo · Viseu
Publicidade
Por
AFP
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
29 de jan de 2021
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Ferragamo: vendas caem mais de 30% em 2020 devido ao vírus

Por
AFP
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
29 de jan de 2021

A casa de luxo Salvatore Ferragamo registou uma queda de 33,5% no seu volume de negócios em 2020, para 916 milhões de euros, devido ao encerramento da maior parte das suas lojas devido à pandemia de Covid-19.


ferragamo.com


A Ásia-Pacífico, que continua a ser o maior mercado do grupo, com mais de 50% das suas vendas, viu o seu volume de negócios cair 25,5%, de acordo com um comunicado do grupo divulgado na quinta-feira. No entanto, na China as vendas a retalho aumentaram 11,3% a taxas de câmbio constantes, graças ao aumento da receita no quarto trimestre (+33,9%). No Japão, as vendas caíram 24,5% em 2020 e 6,7% no quarto trimestre.
 
O volume de negócios contraiu 42,5% na região Europa-Médio Oriente-África, 39,4% na América do Norte e 35,6% na América Central e do Sul. Esta queda é explicada pelas medidas de confinamento aplicadas em todo o mundo devido à pandemia, que levaram ao encerramento de lojas, à paralisação das ligações internacionais e do turismo.

No quarto trimestre, a queda nas vendas mundiais do grupo desacelerou para 20,4%. A Salvatore Ferragamo havia anunciado em novembro um prejuízo líquido de 96 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2020, também marcados por uma queda nas vendas de 38,5% devido ao impacto da epidemia de Covid-19.

A Salvatore Ferragamo, que sofria de um problema de posicionamento de marca, passou por dois anos difíceis em 2017 e 2018, antes de começar a reerguer-se em 2019, uma recuperação que foi travada pela pandemia.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.