Flor da Moda refresca Ana Sousa e lança Temperatura

A Flor da Moda tem em curso um profundo reposicionamento da sua presença no retalho, de que as faces visíveis são o refrescamento da marca Ana Sousa, o lançamento de uma nova insígnia (Temperatura), bem como o rebranding da sua rede de 58 lojas, em Portugal e no estrangeiro (Espanha, Luxemburgo, Angola e África do Sul).



As lojas do Colombo (Lisboa) e do Alma Shopping (Coimbra) serão as duas primeiras a receberem a nova imagem, em tons vermelhos (cor da Temperatura) e cinza (nova cor da Ana Sousa), sendo que os trabalhos começam ainda este mês.

“Vamos apontar para um target superior e as mudanças não acontecerão apenas na imagem, qualidade e estilo da roupa. Vai mudar tudo, atendimento incluído”, explica Rute Sousa (na foto), 35 anos, que está na Flor da Moda desde que acabou o curso de Economia na FEP,  mas até agora esteve mais dedicada à gestão financeira do grupo. 

rebranding (desenhado em colaboração da Ivity, de Carlos Coelho) de toda rede de lojas próprias do grupo Flor de Moda deverá estar concluído até  2021 e está orçado em cerca de três milhões de euros.

“O lançamento da Temperatura foi uma ideia que surgiu no âmbito de um esforço interno de reposicionamento e trading up da marca Ana Sousa. A partir de determinada altura, sentimos que ganharíamos se além desse refrescamento da nossa marca tradicional lançássemos uma marca nova, destinada a público mais jovem”, explica Rute Sousa, a nova responsável pela área de Distribuição do grupo Flor da Moda.

Destinada à mulher mais jovem, do segmento 25 e 35 anos, e com roupas 30% mais baratas que as da irmã mais velha (Ana Sousa), a nova marca Temperatura estreia-se este mês com o desembarque da sua coleção outono/inverno em corners nas lojas Ana Sousa.

“Com a Temperatura, vamos pegar na mulher quando ela acaba a Universidade e acompanhá-la até ela passar a escolher roupa da marca Ana Sousa”, sintetiza Nuno Sousa, primo de Rute e responsável pela área de Produção do grupo Flor da Moda.

“Precisávamos de alguma coisa que nos fizesse dar o salto, que nos desse uma energia nova. Estamos entusiasmadíssimos com esta mudança disruptiva”, conclui Rute, uma das três pessoas da Comissão Executiva (as outras duas são Nuno Sousa e Carlos Pires da Silva) que dirige diariamente o grupo Flor da Moda.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirDistribuição
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER