×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
30 de jul. de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Fosun Fashion Group paga fiança da sua marca Caruso

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
30 de jul. de 2021

A pandemia teve a sua origem na Raffaele Caruso, uma empresa italiana especializada em vestuário de homem de gama alta, que fornece as maiores marcas de luxo e viu o volume de negócios diminuir 40% no ano passado. Mas o seu principal acionista, o grupo chinês Fosun Fashion Group, que acaba de comprar a Sergio Rossi, está pronto para se envolver. Num comunicado de imprensa, anunciou a intenção de salvar a empresa localizada em Soragna, perto de Parma.


A empresa italiana vai ser capaz de se relançar - carusomenswear.com


"Os credores financeiros e o acionista maioritário Fosun Fashion Group chegaram a um acordo final para superarem os efeitos da pandemia e relançarem a empresa, líder no fabrico de vestuário de homem de gama alta", disse um comunicado de imprensa, especificando que o acordo prevê que a Fosun compre de volta as dívidas da Raffaele Caruso S.p.A. com desconto e com um "aumento substancial de capital", mais uma vez financiado pela empresa chinesa.

A empresa não dá quaisquer números sobre a sua situação atual, nem sobre o montante destes investimentos. No comunicado de imprensa, explica simplesmente que "após esta operação, a Caruso deixará de ter quaisquer responsabilidades para com os bancos e poderá contar com os recursos adequados para implementar o seu novo plano industrial. Temos vindo a trabalhar nesta operação há um ano. Temos conseguido contar com o nosso acionista, que é responsável, acredita na empresa e vê o longo prazo", explicou o CEO da Caruso, Marco Angeloni. "Isto servirá para fortalecer o capital e relançar a empresa.

A empresa italiana produz a sua própria marca de roupa masculina Caruso, bem como as coleções masculinas de luxo de várias grandes marcas internacionais através da Fabbrica Sartoriale, a sua usina e oficinas que empregam cerca de 450 pessoas. "Esta é a maior instalação de produção de casacos de homem de alta gama em Itália e provavelmente no mundo. Fazemos milhares de peças para os desfiles das grandes marcas. E no meio da pandemia conseguimos diversificar para casacos de mulher", disse o gerente.

Quanto à marca Caruso, a empresa reviu a sua oferta, expandindo-a e injetando-lhe frescura, reforçando ao mesmo tempo as suas equipas de vendas e agentes. Como resultado, atraiu novos clientes multimarcas e está prestes a abrir a sua primeira loja monomarca em Xangai, bem como um espaço nas lojas de departamento Harrods de Londres.

Para além da Caruso e da Sergio Rossi, o Fosun Fashion Group é também proprietário da maison de moda francesa Lanvin, da marca austríaca Wolford, da marca americana St. John e da alemã Tom Tailor. Em 2013, o grupo adquiriu uma participação de 35% na histórica alfaiataria Raffaele Caruso, que foi fundada em 1958 e assumida em 2009 pelo empresário italiano Umberto Angeloni, pai do atual CEO. Em outubro de 2017, o Fosun assumiu uma participação maioritária na empresa.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.