×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
11 de out. de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Francis Kurkdjian nomeado diretor criativo dos perfumes Christian Dior

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
11 de out. de 2021

A Parfums Christian Dior nomeou Francis Kurkdjian para o cargo de diretor da criação de perfumes. Trata-se de um novo patamar na hierarquia da LVMH para o talentoso nariz e criador de perfumes.


Francis Kurkdjian - LVMH


Na sua nova função, Francis Kurkdjian irá dirigir a criação dos aromas da maison, sucedendo a François Demachy, que ocupava o cargo desde 2006.

Francis Kurkdjian entrou no império LVMH em 2017, quando o grupo de luxo adquiriu uma participação maioritária na Maison Francis Kurkdjian, uma marca de perfumes independente que cofundou em 2009 com Marc Chaya.

Laurent Kleitman, CEO da Parfums Christian Dior, declarou: “Francis Kurkdjian é um perfumista visionário e um artista apaixonado que aporta toda a sua energia criativa, o seu savoir-faire e o seu profissionalismo exigente aos perfumes Dior, moldando os futuros perfumes Dior que conquistarão o mundo. Francis construirá as suas criações a partir de uma herança olfativa excecional que começou em 1947, ancorado na utilização de flores excecionais e iniciativas criativas ousadas." 

Nascido em Paris e de origem arménia, Francis Kurkdjian é considerado um dos mais inventivos criadores de perfumes modernos da indústria. Permanecerá como diretor artístico da sua casa homónima, um nome importante no segmento da perfumaria de nicho.

O criador de perfumes acrescentou em comunicado: “É uma imensa honra para mim juntar-me à Parfums Christian Dior, uma maison com uma história rica em inspiração e um espírito criativo decididamente voltado para o futuro. Estou ansioso por partilhar a minha visão através das minhas criações de perfumes. Trabalhar na maison Dior e, ao mesmo tempo, continuar a criar para minha própria casa é um grande privilégio. Gostaria de agradecer a Bernard Arnault por ter renovado a sua confiança em mim no seio da LVMH, e agradeço calorosamente a Claude Martinez, Stéphanie Medioni, Laurent Kleitman e Marc Chaya pelo seu apoio.”

Aos 52 anos, o perfumista criou mais de 40 fragrâncias na sua carreira, nomeadamente para Elie Saab, Burberry, Nina Ricci e Narciso Rodriguez. Conhecido como um verdadeiro inovador, Francis Kurkdjian já recriou o perfume favorito de Maria Antonieta para o Palácio de Versalhes.

Francis Kurkdjian tinha apenas 25 anos quando criou o seu primeiro perfume para homem, o revolucionário "Le Male" de Jean Paul Gaultier. Em 2001, até criou o seu próprio atelier de perfumes sob medida, estando na génese do entusiasmo por marcas de perfumes independentes.

Já criou diversas fragrâncias importantes para a Dior, nomeadamente "Eau Noire" e "Cologne Blanche" para a Collection Privée da casa. Em 2009, o Estado francês concedeu-lhe o título honorário de Cavaleiro das Artes e das Letras. Francis Kurkdjian inovou igualmente ao estabelecer conexões pouco comuns com artistas, incluindo a grande artista conceptual francesa Sophie Calle e o coreógrafo Christian Rizzo.

A sua nomeação marca uma passagem de geração na Parfums Christian Dior. Kurkdjian sucede a François Demachy, um perfumista muito experiente que, além de revisitar perfumes icónicos como "J'Adore" e "Miss Dior", criou perfumes para Chanel, Fendi e Acqua di Parma.

Laurent Kleitman concluiu: "François Demachy continuará a ser um dos talentos mais eminentes entre aqueles que contribuíram para celebrar o espírito único da Dior e a perpetuar o sonho Dior. Os seus perfumes são tesouros que permanecerão atemporais. Foi uma aventura extraordinária e uma grande honra trabalhar com ele, tanto em Paris como em Grasse.”

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.