×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
2 de nov. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

French Connection: acionistas votam a favor da compra

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
2 de nov. de 2021

A French Connection deixa a bolsa após 38 anos. Os acionistas da marca britânica em dificuldades aprovaram a sua aquisição por Apinder Singh Ghura, um empresário de Newcastle pronto para desembolsar 29 milhões de libras (34,09 milhões de euros).


French Connection

 
Cotada na bolsa de valores de Londres, a French Connection aprovou a proposta de venda em setembro, após dez anos de prejuízos agravados pela pandemia.
 
A Mip Holdings deverá assumir o controlo da empresa a 8 de novembro. Liderado por Rafiq Patel, este consórcio recém-incorporado é propriedade de Apinder Singh Ghura, Amarjit Singh Grewal e da KJR Brothers Limited, que também o controlam. No entanto, o acordo de aquisição exige a aprovação final do tribunal antes que as ações deixem de ser negociadas a 5 de novembro.

O presidente e CEO Stephen Marks, que cofundou a cadeia em 1972 e possui cerca de 42%, deverá embolsar cerca de 12 milhões de libras (14,1 milhões de euros) pela sua participação no negócio. Mas, o valor da empresa caiu drasticamente em poucos anos.
 
Ao jornal The Guardian, Apinder Singh Ghura disse: "Esperamos trabalhar com a direção da French Connection para implementar e aplicar os nossos planos estratégicos para impulsionar o crescimento futuro e a rentabilidade da empresa."
 
E acrescenta: “Devemos também agradecer a Stephen Marks pela sua ajuda durante o processo de aquisição."

O último EBITDA positivo do grupo foi em 2012, mas em outubro os números da marca começaram a dar sinais de recuperação. As vendas por atacado e o comércio eletrónico estão em alta, mas ainda não conseguem compensar a queda de 21,2% na receita semestral em relação a 2019, devido à redução drástica do seu portefólio de retalho. Mas, a comparação com 2020 é mais lisonjeira, com a receita em alta de 68,2%.

As perdas subjacentes estão a melhorar: estas representavam 3,6 milhões de libras (4,23 milhões de euros) em 2019, contra 0,9 milhões de libras (1,06 milhões de euros) atualmente, graças ao encerramento de lojas não rentáveis, à retoma dos volumes de venda por atacado e à redução dos gastos operacionais.
 
A French Connection possui também as marcas Great Plains e You Must Create (YMC). O grupo conta com 67 lojas e concessões no Reino Unido, além de 161 pontos de venda no estrangeiro sob a forma de franchises e licenças.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.