Fundador da Farfetch já é o quarto mais rico de Portugal

A revista Forbes Portugal acaba de divulgar a lista das dez maiores fortunas do país e a grande novidade é o ‘salto’ da nona para a quarta posição do dono da Farfetch, José Neves, o português que lançou e levou até à Bolsa de Nova Iorque aquele marketplace para a moda de luxo.



A fortuna de José Neves está avaliada em 689 milhões de euros e tem como principal ativo a própria Farfetch. José Neves já terá sido mais rico que neste momento: depois de ter a Farfetch ter reportado prejuízos de 109,27 milhões de euros no primeiro trimestre (um agravamento de 115,4% face às perdas que tinha registado em igual período do ano passado), as ações sofreram uma acentuada derrapagem.

A lista dos portugueses mais ricos elenca 50 milionários com uma fortuna agregada de 24 mil milhões de euros, que representa cerca de 12% do PIB mas apenas 1,3% do emprego. Da indústria à tecnologia, da moda ao mundo do futebol, a lista deste ano é composta por 36 homens e 14 mulheres, que são donos de fortunas acima dos 190 milhões de euros.

Segundo a publicação, apenas 18 dos multimilionários construíram fortuna a partir do zero. É esse precisamente o caso de José Neves, fundador e líder da Farfetch. Depois de constar no Top 10 da lista de 2018 em nono lugar, figura agora na quarta posição do ranking deste ano com uma fortuna líquida avaliada em 1.010 milhões de euros.

A lista continua a ser liderada por Fernanda Amorim e família, a pessoa mais rica de Portugal, uma das herdeiras do falecido empresário Américo Amorim, com uma fortuna avaliada em 4.173 milhões. Alexandre Soares dos Santos e família (3.554 milhões), Vítor da Silva Ribeiro e família (1.192 milhões, com a Alves Ribeiro Construção, Banco Invest e Mundicenter) e Dionísio Pestana (681 milhões) completam o Top 5.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.

Luxo - DiversosPersonalidades
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER