×
Por
AFP
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
18 de nov. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Galeries Lafayette vai abrir duas lojas na Índia

Por
AFP
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
18 de nov. de 2022

O grupo francês Galeries Lafayette anunciou, na quinta-feira (17 de novembro), que firmou uma parceria com o grupo indiano Aditya Birla para desenvolver a sua presença na Índia, onde prevê abrir duas lojas em 2024 e em 2025.


Futura loja de Bombaim - Galeries Lafayette


A fim de "seguir a sua estratégia de implantação internacional", a Galeries Lafayette firmou uma "parceria exclusiva" com o Aditya Birla Fashion and Retail Limited, o primeiro grupo de moda indiano a atingir mil milhões de dólares em receitas, que opera uma rede de 3.500 lojas.

Esta parceria inclui "o lançamento de uma plataforma de e-commerce dedicada" mas também "a abertura de duas lojas em Bombaim e Nova Deli, as duas principais capitais do país", declarou num comunicado o grupo cuja história remonta a 1894.

A primeira loja de 8.000 metros quadrados, localizada no "coração comercial e cultural de Bombaim", abrirá as suas portas em 2024 para "uma clientela jovem muito sensível às novas tendências de luxo".

"Esta será seguida pela abertura de uma loja de departamentos de 5.500 metros quadrados localizada no coração do DLF Emporio, o shopping center premium mais reconhecido de Nova Deli", disse o grupo, que emprega 11.000 pessoas. Está previsto para 2025, acrescentou por sua vez um porta-voz da Galeries Lafayette.

"Estamos orgulhosos de expandir a nossa presença internacional no coração de um mercado tão prestigiado e refinado como a Índia, onde acreditamos que a Galeries Lafayette pode beneficiar de um forte potencial de crescimento", disse o CEO da Galeries Lafayette, Nicolas Houzé, em comunicado.

O diretor administrativo do Aditya Birla Fashion and Retail, Ashish Dixit, elogiou "um momento simbólico na transição para a maturidade do mercado de luxo na Índia", como "um país que já abriga uma geração de jovens consumidores com forte poder aquisitivo e aberto para o mundo".

Segundo Houzé, esta parceria ilustra o desejo da Galeries Lafayette de "acelerar o seu desenvolvimento internacional, para incluir cerca de 20 lojas até 2025, principalmente na Ásia e no Médio Oriente".

O grupo, que tem 57 lojas em França, incluindo 38 franquias, já está presente em Berlim, Pequim, Jacarta, Dubai, Doha, Xangai e Luxemburgo. A expectativa é abrir mais três lojas na China em 2023, elevando para 10 o total de lojas no exterior, enquanto aguarda as inaugurações na Índia.
 

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.