×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
27 de mai. de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Gap luta para manter as suas margens

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
27 de mai. de 2018

A Gap publicou na quinta-feira (24) resultados trimestrais abaixo das expectativas devido à uma queda nas vendas de sua marca homônima. O faturamento do primeiro trimestre de seu ano fiscal, que encerrou a 5 de maio, subiu para 3.78 bilhões de dólares, em comparação com 3.44 bilhões no ano anterior, acima da previsão de 3.61 milhões de dólares. Este crescimento de 10% está ligado à aplicação de novos regulamentos contábeis, mas mais especificamente devido ao aumento de 6% nas vendas (1% em dados comparáveis).


Gap luta para manter as suas margens - DR


A Old Navy foi a marca do grupo que mais faturou, atingindo 1.74 bilhões de dólares no primeiro trimestre, seguida pela Gap com 1.20 milhões de dólares, e a Banana Republic, com 564 milhões de dólares. O restante das atividades representou 203 milhões de dólares. O grupo registou 80% de suas vendas nos Estados Unidos, 7% no Canadá, 8% na Ásia, 4% na Europa e 1% restante nos demais mercados.

A marca mais dinâmica do grupo foi a Banana Republic, que depois de ter sofrido uma queda de 4% no ano passado, registou um aumento de 3% em suas vendas comparáveis neste trimestre. Globalmente, as vendas em lojas comparáveis ​​aumentaram 1%, enquanto os analistas previam um aumento médio de 1,67%. No entanto, as vendas comparáveis da Gap diminuíram 4%, bem acima da queda esperada (0,4%).

O grupo Gap registou um lucro líquido de 164 milhões de dólares, ante a 143 milhões do ano anterior. O resultado operacional caiu de 254 para 229 milhões de dólares.


 

Copyright © 2023 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.