×
267
Fashion Jobs
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - Mobility (M/F/D) - Maternity Leave Cover
Efetivo ·
ADIDAS
Senior Technology Consultant - Product & Supply Chain (M/F/D)
Efetivo ·
ADIDAS
Tech Analyst - Digital & Omnichannel/ Manage Business (M/F/D)
Efetivo ·
ADIDAS
Senior Tech Project Manager - Sales Tech (M/F/D)
Efetivo ·
PRIMARK - PORTUGAL
Estágio Curricular Manager Comercial
Efetivo · PORTO
ADIDAS
Service Manager - Sales Services (M/F/D)
Efetivo ·
ADIDAS
Buyer - German/Italian/French/Spanish (M/F/D)
Efetivo ·
ADIDAS
Senior Specialist Payroll (m/f) - HR Services - German Speaker
Efetivo ·
ADIDAS
Sap Consultant - bw4hana/Sac (M/F/D)
Efetivo ·
ADIDAS
Senior Sap Consultant - bw4hana/Sac (M/F/D)
Efetivo ·
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Ariba (M/F/D)
Efetivo ·
SACOOR BROTHERS
Fiel de Armazém (Storekeeper) - c. Comercial Colombo
Efetivo · Lisboa
SPORT ZONE
Financial Controller (m/f)
Efetivo · Maia
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- c. Comercial Ubbo Alfragide
Efetivo · Lisboa
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sac/bw-ip/Fico (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
FOREO
Marketing Manager - Portugal
Efetivo · LISBON
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Coimbra cc Forum Coimbra - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo ·
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa cc Chiado - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Amoreiras - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Lisboa
ADIDAS
Data Engineer (M/F/D)
Efetivo ·
ADIDAS
Associate Data Engineer (M/F/D)
Efetivo ·
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
17 de jan. de 2018
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Gigantes do retalho americano caem no ranking mundial dos maiores retalhistas, enquanto marcas de fast fashion e roupas desportivas sobem

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
17 de jan. de 2018

O ranking "Global Powers of Retailing" da Deloitte de 2018, que lista os 250 maiores retalhistas globais, mostra que os gigantes do retalho americano estão a perder o seu controlo no mercado internacional, enquanto o comércio eletrónico, as marcas europeias de fast fashion e roupas desportivas estão a ganhar terreno.


A Gap está entre as grandes marcas americanas que caíram no ranking este ano, enquanto as marcas de roupas desportivas e activewear seguem em ascensão - Instagram: @gap


As grandes lojas de departamento dos Estados Unidos estão entre as que caíram no ranking deste ano: a Macy's caiu duas posições para a 37ª, enquanto a Sears caiu da 39ª, em 2017, para 45ª. A American Eagle Outfitters e a Abercrombie & Fitch, que já foram poderosas um dia, nem sequer constam no ranking dos 250 melhores retalhistas globais.
 
A Gap, que até há pouco tempo era a maior empresa de moda do mundo, também foi ultrapassada pelo grupo japonês Fast Retailing, a empresa-mãe da Uniqlo, que a derrubou para o 61º lugar.

O ranking de 2018 mostra um forte progresso para as principais marcas europeias de fast fashion, como a H&M, que este ano ultrapassou a Sears para ocupar o 39º lugar, e a Inditex, que agora está no 38º lugar.
 
A Nordstrom conseguiu escalar três pontos para o 65º lugar, ultrapassou o retalhista britânico Marks & Spencer, e a L Brands subiu do 78º lugar em 2017 para o 76º este ano. A Kohl's também conseguiu manter seu 52º lugar de 2017 por mais um ano.
 
O maior vencedor de 2018, no entanto, deve ter sido a cadeia de lojas de departamento canadiana Hudson's Bay, que subiu do 114º lugar no ano passado para o 87º este ano.
 
A Nike também conseguiu um aumento sólido, subindo 14 posições para a 109ª.  O ranking mostrou progressos geralmente positivos para marcas de roupas desportivas, com a ascensão da Dick's Sporting Goods, Foot Locker e Decathlon.
 
No que se tornou um resultado um pouco previsível, os retalhistas online pure-player também tiveram bom desempenho. A Amazon consolidou o seu lugar entre os Top 10 este ano, subindo quatro posições para o 6º lugar, enquanto a chinesa JD.com subiu oito posições para o 28º lugar.
 
O relatório da Deloitte confirma algumas das movimentações mais notáveis do retalho, que têm vindo a agitar o setor. Conforme podemos observar pelo ranking, diante da oposição implacável dos retalhistas online, shoppings, grandes lojas de departamentos e outros retalhistas físicos tradicionais estão cada vez mais pressionados a diversificar a sua oferta e seguir a nova tendência de retalho experiencial para atrair clientes às suas lojas.
 
A categoria de roupa desportiva e activewear, por outro lado, está a aumentar cada vez mais em diversas marcas, como a Amazon, e a marca britânica de lingerie Ann Summers que, nos últimos meses, lançou algumas coleções na tentativa de lucrar com o mercado de fitness.
 
O ranking "Global Powers of Retailing" da Deloitte foi elaborado a partir dos dados das vendas do retalho de 2016.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.