Giorgio Armani promove Giuseppe Marsocci e Daniele Ballestrazzi à vice-direção geral

Giorgio Armani surge mais do que nunca na linha da frente do controlo e gestão do seu império. CEO e diretor-geral do Grupo Armani, como é agora apresentado oficialmente, o designer escolheu dentro do seu circulo próximo dois diretores-gerais adjuntos para o ajudarem a dirigir a empresa: Giuseppe Marsocci e Daniele Ballestrazzi. O primeiro, encarregado da parte comercial e dos mercados, o segundo das finanças e das operações.


Giorgio Armani assume as funções de CEO e diretor-geral do grupo - Giorgio Armani
 
Esta nomeação acontece após a saída, no final de março, do diretor-geral Livio Proli, um dos últimos gestores importantes do grupo a deixar a direção. Andrea Camerana, sobrinho de Giorgio Armani e em tempos referido como o herdeiro do estilista, deixou a empresa em 2014, enquanto John Hooks, braço direito Armani, saiu em 2011.
 
Em março passado, o grupo disse que Livio Proli não seria substituído, mas as suas competências seriam repartidas por diferentes gestores da empresa. É o caso de Giuseppe Marsocci e Daniele Ballestrazzi, presentes no grupo há 16 e 12 anos, respetivamente.
 
Giuseppe Marsocci passou praticamente toda a sua carreira na casa de luxo italiana, ocupando vários cargos de responsabilidade. Em 2015, liderou a filial americana da Giorgio Armani Corporation, sucedendo a Graziano De Boni.

Daniele Ballestrazzi ingressou na empresa em 2007, após uma passagem pela Gianni Versace, como diretor financeiro da filial americana da Armani. É responsável pela direção financeira e as operações do grupo desde 2015.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirModa - DiversosLuxo - Pronto-a-vestirLuxo - DiversosNomeações
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER