×
355
Fashion Jobs
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
FARFETCH
Account Manager (Italian Speaker)
Efetivo · PORTO
LION OF PORCHES
Copywriter
Efetivo · MINDELO
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services - Compensation (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
MAX MARA PORTUGAL
Sales Assistant - Max Mara - el Corte Ingles
Temporario · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Guimarães Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Guimarães
ISADORA LIMARE
Communication Assistant
Estágio · LISBOA
Por
AFP
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
27 de mar. de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

H&M regista queda no lucro líquido no primeiro trimestre

Por
AFP
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
27 de mar. de 2018

Estocolmo, 27 de março, 2018 (AFP) - O gigante grupo sueco de prêt-à-porter Hennes e Mauritz (H&M) anunciou na terça-feira (27) um declínio de 44% no lucro líquido no primeiro trimestre do ano fiscal de 2018, devido à queda nas vendas (-1,7%) e descontos sazonais significativos.


H&M regista queda no lucro líquido no primeiro trimestre - H&M


O lucro líquido do período de dezembro de 2017 a fevereiro de 2018 foi de 1,37 mil milhões de coroas suecas (135 milhões de euros) em comparação com 2,46 mil milhões um ano antes. A faturação caiu 1,7%, para 46,2 mil milhões. "O volume de vendas, combinado com um inverno excecionalmente frio, teve um efeito negativo nas vendas da coleção de primavera", explicou o diretor geral do grupo, Karl-Johan Persson. Na Alemanha, o maior mercado da H&M, as vendas caíram 6% em euros num ano, e em França - o quarto maior mercado do grupo - caíram 10%.

A marca também está a enfrentar dificuldades para vender o seu stock, que teve alta de 8% em moeda local entre os primeiros trimestres de 2017 e 2018. "Os stocks estão acima do esperado, o que levará a um aumento nas remarcações no segundo trimestre de 2018, em relação ao mesmo trimestre do ano passado", acrescentou o CEO.

O grupo sueco espera, no entanto, um aumento de 25% no seu e-commerce durante todo o ano, apesar da concorrência de gigantes como Amazon e Alibaba. "As vendas online do grupo aumentaram em cerca de 20% neste trimestre”, informou a H&M.

Para 2018, o grupo planeia abrir 220 novas lojas e entrar em dois novos mercados: Ucrânia e Uruguai. A H&M continua a ser a principal marca da grupo, e vai continuar a liderar as aberturas de lojas. O grupo também detém as marcas Cos, & Other Stories, Monki, Weekday e Cheap Monday, cujas vendas têm vindo a aumentar no e-commerce e nas lojas físicas. Cerca de 90 novas lojas destas marcas devem ser inauguradas em 2018.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.