×
Por
Europa Press
Publicado em
14 de abr de 2015
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Herdeira da Nina Ricci é condenada em caso de fraude fiscal do HSBC

Por
Europa Press
Publicado em
14 de abr de 2015

Paris (Reuters/EP) – Um tribunal de Paris culpou na segunda-feira (13) a herdeira do perfume e marca de roupas Nina Ricci por fraude fiscal em um julgamento após a divulgação de listas de pessoas que usaram os serviços do banco HSBC em Suíça.

Arlette Ricci - Foto: AFP


Arlette Ricci, neta de 73 anos de Nina Ricci, foi sentenciada a três anos de prisão, incluindo dois suspensos, e fiança de 1 milhão de euros na decisão lida pelo juiz em uma corte criminal.
 
A herdeira foi acusada de ter escondido mais de 22 milhões de dólares das autoridades francesas, usando contas e entidades no Panamá.

A subsidiária suíça do HSBC está também a ser investigada por magistrados franceses que suspeitam de grandes esquemas de fraudes fiscais.

O HSBC Holdings Plc foi demandado na semana passada a depositar uma fiança de mil milhões de euros para cobrir possíveis coimas em uma ação que o banco classifica como juridicamente sem fundamentos.
 
Em um caso apelidado de "Swissleaks", a unidade suíça para clientes de alto rendimento do banco HSBC está a ser investigada junto com diversos indivíduos ricos cujos nomes aparecem em listas de cerca de 3 mil clientes vazadas para as autoridades francesas por um ex-funcionário do banco, Herve Falciani.

Copyright © 2021 Europa Press. Está expressamente proibida a redistribuição e a retransmissão do todo ou parte dos conteúdos aqui apresentados sem o prévio e expresso consentimento.