×
302
Fashion Jobs
DIRETOR(A) INDUSTRIAL
Diretor(a) Industrial
Efetivo · MONACO-VILLE
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Coimbra cc Forum Coimbra - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo ·
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa cc Chiado - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo · LISBOA
PEPE JEANS (RETAIL)
Vendedor / Vendedora - Coimbra
Efetivo · COIMBRA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Madeira Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Funchal Rua - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
Por
AFP
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
30 de nov. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Herdeiros da Gucci ameaçam filme de Ridley Scott com ação legal

Por
AFP
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
30 de nov. de 2021

Os herdeiros da maison de moda italiana Gucci ameaçaram tomar medidas legais, na segunda-feira (29 de novembro), a respeito do novo filme de Ridley Scott "House of Gucci", por representar membros da família como "hooligans".


A carta dos herdeiros dizia que a família ficou particularmente ofendida com a representação de Reggiani, "uma mulher definitivamente condenada por ordenar o assassinato de Maurizio Gucci" - House of Gucci/Instagram


Já se especula mesmo um Óscar para o filme protagonizado por Lady Gag, na categoria de melhor atriz. Lady Gaga representa Patrizia Reggiani, que foi condenada por estar por detrás do assassinato do herdeiro da maison de moda, Maurizio Gucci (interpretado por Adam Driver), nos anos 90. 

"A família Gucci reserva o direito de tomar todas as iniciativas para proteger o seu nome e imagem, bem como os dos seus entes queridos", disse uma carta assinada pelos herdeiros do fundador Aldo Gucci, publicada pela agência noticiosa italiana ANSA.

O filme é realizado pelo renomado diretor e produtor de cinema britânico, Ridley Scott, que criou alguns dos filmes mais icónicos dos últimos 40 anos, incluindo o "Alien" (1979), "Blade Runner" (1982), "Thelma & Louise" (1991) e "Gladiator" (2000).
 
A carta dos herdeiros dizia que a família ficou particularmente ofendida com a representação de Reggiani, "uma mulher definitivamente condenada por ordenar o assassinato de Maurizio Gucci... como vítima".
 
E queixou-se que Aldo Gucci e familiares foram retratados como "hooligans, ignorantes e insensíveis ao mundo à sua volta".
 
A família Gucci não tem estado envolvida com a maison, desde os anos 90. A marca de luxo é atualmente propriedade do grupo francês Kering.
 
O filme estreou na Grã-Bretanha no início de novembro; em Portugal estreou a 25 de novembro, ou seja, um dia depois da estreia americana; mas, em Itália, o filme só será lançado no dia 16 de dezembro.
 

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.