×

Hugo Boss expande negócio online estimando 400 milhões de euros até 2022

Por
DPA
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
1 de jul de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

O retalhista de moda Hugo Boss quer expandir significativamente o seu negócio online. Até 2022, as vendas online deverão aumentar de 151 milhões de euros em 2019 para mais de 400 milhões de euros, anunciou a Hugo Boss em Metzingen, quarta-feira (1 de julho). Estes resultados devem ser alcançados tanto através da própria loja online, como através de negócios de concessão com parceiros.



"A importância crescente dos negócios online tornou-se ainda mais evidente em 2020. A nossa indústria está a enfrentar uma situação sem precedentes e o comportamento de compra dos clientes está a mudar cada vez mais de presencial para online", explicou Matthew Dean, o gestor responsável pelo negócio do comércio electrónico, referindo-se a mudanças que dizem respeito à pandemia de COVID-19.

A Hugo Boss quer, portanto, expandir o seu negócio na Internet, que até agora tem sido bastante lento. As vendas online representam atualmente apenas uma fração das receitas da Hugo Boss. Em 2019, o grupo gerou um volume de negócios total de quase 2,9 mil milhões de euros.


Look da Boss da coleção primavera-verão 2020, apresentada em Milão - © PixelFormula


No segundo trimestre, o negócio online da própria empresa voltou a crescer fortemente e esta continuou. Será o décimo primeiro quarto de uma fila com um crescimento claro de dois dígitos.

A Hugo Boss apresentará assim os seus resultados, para os meses de abril a junho, no dia 4 de agosto.