×
364
Fashion Jobs
JD SPORT
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services - Compensation (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Demand Planner (m/f)
Efetivo · Maia
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
M+RC NOIR
Executive Assistant
Efetivo · PORTO
M+RC NOIR
Director of Collections / Production Manager
Efetivo · PORTO
THE KOOPLES
Sales Assistant 24h - Colombo
Efetivo · LISBOA
ADIDAS
Specialist Gbs Procurement Operations - French Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Credit And Collections Specialist North & Nordics (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs Taxes Systems (M/F/D)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Vasco da Gama
Temporario · Lisboa
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Viana Estação Shopping
Temporario · Viana do Castelo
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Foz Plaza
Temporario · Figueira da Foz
Por
Reuters API
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
10 de mar. de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Ikea faz teste vendendo através de terceiros pela primeira vez, em Tmall na China

Por
Reuters API
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
10 de mar. de 2020

A Ikea começou terça-feira a vender os seus produtos na plataforma chinesa de comércio eletrónico Alibaba Tmall. Com 77 anos de história, esta é a primeira vez que o maior retalhista de móveis do mundo vendeu através de um terceiro.


Tmall oferecerá cerca de 3.800 dos cerca de 9.500 produtos Ikea, assim como serviços de entrega e de montagem - Reuters


A mudança visa atingir mais compradores num país onde estes, em maior medida do que em qualquer outro lugar, favorecem as plataformas multimarcas online.
 
Ikea confirmou que viu a sua loja virtual no Tmall – inicialmente um teste de seis meses nas províncias da costa leste de Jiangsu, Zhejiang e Anhui, e na cidade de Xangai – como um complemento às suas próprias lojas, loja online e aplicativo de compras.

"Nós vemos este negócio como uma boa oportunidade de nos tornarmos acessíveis para muitos mais na China, especialmente à luz do ambiente digital chinês", disse à Reuters Tolga Oncu, chefe de retalho da Ingka, que é a proprietária da maioria das lojas Ikea no mundo.
 
"Estamos a testar para ver 'de que forma afecta a nossa marca, como afecta a nossa infra-estrutura, as nossas próprias lojas e o comércio eletrónico, se atingirmos novos segmentos e, claro, também como será o resultado'", disse ainda na entrevista.
 
O teste marca mais uma tentativa de adaptação às rápidas mudanças nos padrões de compras do grupo, que até há uma década dependia quase exclusivamente das gigantescas lojas de armazém fora das cidades.
 
Para se tornar mais acessível, nos últimos anos, a Ikea tem investido muito na expansão online e em novos canais de vendas. Agora está a lançar um novo aplicativo de compras, bem como formatos de lojas nos centros urbanos.
 
Se o teste for bem sucedido, a Ikea pretende estender a loja Tmall a mais zonas da China. Atualmente, não dispõe de planos de vender através de terceiros noutros mercados, disse Jon Abrahamsson Ring, o novo CEO da Inter Ikea, proprietária da marca.
 
"Noutros mercados existem outras condições. Portanto, não vemos isso como um ponto de partida para uma implantação completa, ou para um compromisso total com esse tipo de canal", acrescentou Abrahamsson Ring.
 
O grupo Ikea vê a China como um mercado chave para o crescimento. A loja na Tmall oferecerá cerca de 3.800 dos cerca de 9.500 produtos Ikea, bem como serviços disponíveis nos próprios canais de vendas, tais como a entrega e a montagem das peças.
 
A Ikea tem 30 lojas na China, cerca da metade das quais estão fechadas desde janeiro devido ao surto de COVID-19 que bloqueou grande parte da China, estimulando a mudança para a entrega ao domicílio, já que as pessoas se afastam dos centros comerciais e estão em quarentena, passando muito mais tempo em casa.
 
Oncu adiantou ainda que a pandemia não afectou o lançamento da loja Tmall.
 

© Thomson Reuters 2022 All rights reserved.