×
279
Fashion Jobs
ADIDAS
Senior Controlling & Reporting Specialist (m/f)
Efetivo - CLT · PORTO
TIFFOSI
Area Manager (m/) - Zona Norte
Efetivo - CLT · Braga
ADIDAS
Buyer - Italian Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
M+RC NOIR
Production Manager
Efetivo - CLT · ESPOSENDE
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
THE AMAZING FRENCH COLONY
Fashion Designer Assistant
Estágio · LISBOA
EMPRESA DE MODA NO SETOR DO LUXO
Vendedor/a de Loja de Gama Alta
Trabalho temporário · LISBOA
ELSA GOES GREEN
Business Development
Estágio · ERICEIRA
CH CAROLINA HERRERA
Vendedores Eci Lisboa (36 h)
Trainee · LISBOA
CONFIDENCIAL
Stylist (m/f)
Efetivo - CLT · PORTO
SALSA
Conseiller(es) de Vente Avenue 83 Toulon 30h
Efetivo - CLT · Toulon
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Eci Lisboa - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Lisboa
ADIDAS
Team Leader o2c Credit And Collections (m/ f) - German Speaker
Efetivo - CLT · Porto
PARFOIS
Interior Designer
Efetivo - CLT · PORTO
ADIDAS
Tax Accountant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Senior o2c Credit And Collections Specialist (m/ f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Gbs Process Manager s2p (m/ f)
Efetivo - CLT · Porto
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Freeport - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Alcochete
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Oeiras Parque - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Oeiras
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Aveiro - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Aveiro
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Foz Plaza - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Figueira da Foz

Indústria da moda dá a mão a Nova Iorque nos dias mais mortíferos da pandemia

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
8 de abr de 2020
Tempo de leitura
6 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

O Estado de Nova Iorque viveu, terça-feira (7 de abril), o dia mais mortífero do surto de COVID-19, tendo sido registadas 731 mortes nas últimas 24 horas, de acordo com um briefing do governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo. Trata-se de um novo recorde de mortes num só dia, tendo o Estado registado um total de mais mortos por COVID-19 do que no 11 de setembro (o dobro).

Nova Iorque, que foi a cidade mais duramente atingida pelo COVID-19, nos EUA, regista 5.489 mortes em resultado do novo coronavírus, e até à data, e 138.836 casos confirmados em todo o Estado. 


Pyer Moss, Kering, Nike, Estée Lauder e L'Oréal USA apoiam o Estado de Nova Iorque - Instagram @lorealusa


O governador Cuomo disse que este pico era um "indicador de atraso", influenciado em parte pelas mortes de pessoas gravemente doentes, internadas em hospitais nas semanas anteriores. 

Numa nota optimista, os dados sugerem um patamar no número total de hospitalizações no Estado. Os 8.147 casos novos comunicados, terça-feira (7), regista o terceiro dia consecutivo abaixo do pico de 10.841 casos atingidos sexta-feira (3). 

A fim de combater o impacto do vírus, o Estado continua a seguir as políticas de distanciamento social. A 6 de abril, o Governo Cuomo prorrogou até 29 de abril a ordem executiva "New York on Pause", que obriga ao encerramento de empresas não essenciais em toda a cidade de Nova Iorque.

Dado que a pandemia continua a ter um impacto sem precedentes em Nova Iorque e em todo o mundo, as empresas têm trabalhado para contar com o rescaldo económico do surto e contribuir para os esforços de ajuda. Desde o início do surto, empresas como a Unilever, LVMH, Levi Strauss e outras, anunciaram os seus próprios compromissos e donativos para prestarem auxílio aos estragos do coronavírus COVID-19. 

Mais recentemente, Kering, Pyer Moss, Estee Lauder, Nike e L'Oreal USA anunciaram os seus próprios compromissos, novos e atualizados, de prestação de apoio. 


Pyer Moss converte escritório de Nova Iorque num centro de donativos e reserva 50.000 dólares para pequenas empresas criativas


Pyer Moss

Pyer Moss, a marca fundada por Kerby Jean-Raymond, anunciou em março que iria converter o seu escritório, na cidade de Nova Iorque, num centro de donativos para o material de proteção necessário para os profissionais de saúde. Além disso, a marca disse que iria reservar 50.000 dólares para pequenas empresas criativas pertencentes a minorias e a mulheres que lutam em consequência do surto.

Numa atualização efetuada a 7 de abril, a marca anunciou que doou 10.000 dólares de máscaras N95 e luvas em nitrilo aos profissionais de saúde.

Jean-Raymond assegurou ainda dois importantes aumentos ao fundo de auxílio. Estes aumentos vieram de Jen Rubio, que igualou o montante em dólares dos 50.000 dólares originais, a fim de levantar o fundo para 100.000 dólares, bem como de François-Henri Pinault e Kering, que doaram 150.000 dólares, elevando o fundo para 250.000 dólares. 

Até à data, o fundo já ajudou mais de 40 empresas e artistas independentes.


As marcas do grupo Kering doam 1 milhão de dólares à Fundação CDC, para apoiar os profissionais de saúde dos EUA - Bottega Veneta


Kering

O grupo de artigos de luxo Kering anunciou, a 7 de abril, que as marcas, incluindo a Gucci, Saint Laurent, Bottega Veneta, Balenciaga e Alexander McQueen, entre outras, doarão coletivamente 1 milhão de dólares, à Fundação CDC, para apoiar os profissionais de saúde nos EUA, particularmente em estados de grande impacto como Nova York, Nova Jersey, Califórnia e Flórida, além de localidades na América Latina.

Estas contribuições seguem-se às que foram já efectuadas pela Kering em França, Itália e China, com a produção de mais de 1 milhão de máscaras e batas cirúrgicas para o pessoal de saúde.

Para além do apoio da Kering à iniciativa da Pyer Moss, a empresa também contribuiu para a CFDA e para a iniciativa A Common Thread da Vogue. 


A Nike e a Fundação Nike doaram mais de 17 milhões de dólares no apoio à luta contra a pandemia


Nike

Através da Nike e da Fundação Nike, a empresa atlética afectou mais de 17 milhões de dólares aos esforços de resposta ao coronavírus COVID-19, incluindo o trabalho com a Universidade de Saúde e Ciência do Oregon (OHSU) para fornecer Equipamento de Protecção Individual (EPI) aos trabalhadores do sector da saúde. 

A empresa informou, também, que vai doar 1,6 milhões de dólares a organizações que trabalham para apoiarem as suas comunidades locais com necessidades, como a assistência alimentar e cuidados médicos. Além disso, a empresa disse que está a fornecer uma contrapartida de dois para um, para todas as doações dos funcionários, com o objectivo de apoiar organizações comunitárias em qualquer parte do mundo. 

A fim de promover a atividade física, a Nike está ainda a oferecer o NTC Premium, o serviço baseado em assinaturas do Nike Training Club, gratuitamente nos EUA. 


O grupo Estée Lauder concedeu 2 milhões de dólares aos Médicos Sem Fronteiras para apoio ao COVID-19 - Dr. Jart+


Estée Lauder

A Estée Lauder - incluindo a Estée Lauder Companies Inc., as suas marcas, e a Estée Lauder Companies Charitable Foundation (ELCCF) - trabalharam no sentido de prestar auxílio às vítimas do coronavírus COVID-19, concedendo uma subvenção de 2 milhões de dólares aos Médicos Sem Fronteiras (MSF) para apoiarem a sua luta contra a pandemia. 

A empresa também concedeu uma subvenção para apoiar a criação do Fundo de Resposta e Impacto COVID-19 da NYC, para além de ter concedido mais de 800.000 dólares aos esforços de socorro na China. 

A fim de prestar mais apoio, a empresa está a doar dois milhões de máscaras cirúrgicas a trabalhadores críticos, em Nova Iorque, tendo iniciado a produção de higienizadores de mãos para grupos altamente necessitados, nas suas instalações fabris, recentemente reabertas em Melville, Nova Iorque.

Dentro da representação de marcas, a empresa vai atribuir 10 milhões de dólares a 250 organizações locais em todo o mundo que estão a cobrir necessidades e serviços essenciais a pessoas em maior risco, durante a pandemia, e através do Fundo Viva Glam da MAC Cosmetics. A Estée Lauder está a doar 50.000 produtos de cuidados com a pele, aos médicos e enfermeiros dos hospitais da cidade de Nova Iorque, através da marca Clinique, entre outros esforços. 


L'Oréal doa200.000 dólares para a Associação de Beleza Profissional COVID-19 Relief Fund - L'Oreal


L'Oréal EUA

A L'Oréal USA estabeleceu uma parceria com a Professional Beauty Association (PBA) para lançar uma estratégia de apoio multi-níveis para os seus estilistas e parceiros de salão. Uma extensão do compromisso da L'Oréal USA Gives Back, a empresa congelará os saldos de crédito pendentes dos seus clientes de salão e estilistas até que os negócios sejam retomados, e congelará os pontos "Level Loyalty" que expiram em março e espirarão em abril até ao final de maio de 2020.

A fim de fornecer apoio adicional aos estilistas, a empresa de beleza está a doar 200.000 dólares para a Associação de Beleza Profissional COVID-19 Relief Fund, que apoia profissionais licenciados que não podem trabalhar devido à doença pandémica. A empresa também irá equiparar doações adicionais de funcionários ao Fundo de Auxílio de Dólar por Dólar até 25.000 dólares.
 

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.