×
325
Fashion Jobs
SACOOR BROTHERS
Brand Manager (m/f)
Efetivo · Lisboa
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- c. Comercial Ubbo Alfragide
Efetivo · Lisboa
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo · Porto
SALSA
Conversion Rate Optimization Specialist – Otimizar a Experiência de Compra no Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
HR Specialist - Gbs Operations - General Admin (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Project Manager - Fulfilment Programs (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Scm Products - Product Supply / Fulfillment (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - Mobility (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Gbs HR Services (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Procurement Manager (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sap sd (Afs & s4/Hana) (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Scm Products - Product Supply Primary Data (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Supply Chain Management Products - Tms Integration (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Project Manager Supply Chain (M/F/D)
Efetivo · Porto
SALSA
Marketplaces Account Manager - Oportunidade de Contrubuir Para a Internacionalização da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sac/bw-ip/Fico (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior HR Specialist - HR Systems Support (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist - Systems Support (M/F/D)
Efetivo · Porto
FOREO
Marketing Manager - Portugal
Efetivo · Lisbon
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
21 de jul. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Interparfums encerra primeiro semestre com vendas em alta de 19,7%

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
21 de jul. de 2022

Nos primeiros seis meses do seu exercício de 2022, a Interparfums registou um volume e negócios de 318,7 milhões de euros. O grupo francês especializado na criação de perfumes sob licença registou assim um aumento de 19,7% em moedas correntes em relação ao exercício anterior, mas poderia ter apresentado melhor desempenho com uma situação económica mais favorável.


Parfums Jimmy Choo - DR


Philippe Benacin, CEO da Interparfums, explica: "O período continua marcado pela guerra na Ucrânia, mas também por interrupções na supply chain. Os prazos de aprovisionamento podem agora chegar a 15 meses em alguns componentes. Também importa destacar a escassez de mão de obra entre os nossos parceiros industriais. No grupo Pochet, três das quinze linhas não estão a funcionar porque não há trabalhadores, e a empresa está mesmo a ponderar o recrutamento no estrangeiro." O responsável salienta que esta situação gerou uma perda de volume de negócios no período na ordem dos 25 milhões de euros.
 
O grupo, que apresentou os resultados na terça-feira, 19 de julho, pela primeira vez na sua nova sede no número 10 da rue de Solférino, em Paris, que abrigava a antiga sede do Partido Socialista, antecipa agora um volume de negócios anual entre 630 e 640 milhões de euros.

Com um volume de negócios de 87 milhões de euros, com um aumento de 25%, a Montblanc continua a ser a marca líder no portefólio da Interparfums e responde por 27% da atividade do grupo. Segue-se a Jimmy Choo, cujas vendas ascenderam a 70 milhões de euros, com um aumento de 17%, e a Coach, com um aumento de 29% para 67,6 milhões de euros.
 
A Moncler, para a qual a Interparfums adquiriu a licença de perfumes em 2020, acaba de iniciar a sua implantação e gera um volume de negócios de 8,4 milhões de euros. Philippe Benacin indica: "A marca está presente em 1000 pontos de venda, um parque que deverá duplicar até ao final do ano. Eventualmente, chegaremos aos 7000 pontos de venda." 

Além disso, a Interparfums e a Repetto rescindirão a 28 de setembro o contrato de licença de perfumes que as une desde dezembro de 2011.

Fora de França, o desenvolvimento dos perfumes Montblanc, Jimmy Choo e Rochas foi muito forte na Europa Ocidental, que viu as suas vendas saltarem 45% para 55,1 milhões de euros. França, por sua vez, registou um crescimento de 16% para 19,3 milhões de euros no período graças aos perfumes Rochas e Boucheron.
 
A região da América do Norte, num mercado de perfumaria e cosmética ainda dinâmico, registou um desempenho contrastante, com o volume de negócios a subir 9% para 110,7 milhões de euros, mas manteve-se a principal zona de atividade do grupo. A Ásia viu as suas vendas saltarem 30% para 54,9 milhões de euros. Na China, as vendas cresceram 45%, com destaque para a Coach, que em breve poderá tornar-se a primeira marca do grupo no país. A América do Sul registou um crescimento de 33% para 28,3 milhões de euros e o Médio Oriente de 39% para 28,9 milhões de euros.
 
A guerra na Ucrânia pesou obviamente na atividade na Europa de Leste, que registou uma queda de 17% para 19,4 milhões de euros. "As vendas no mercado russo caíram 50% no semestre, representando apenas 2,6% do volume de negócios total da empresa", especifica o grupo.
 
A Interparfums publicará os resultados do primeiro semestre de 2022 a 9 de setembro.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.