×
360
Fashion Jobs
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
FARFETCH
Account Manager (Italian Speaker)
Efetivo · PORTO
LION OF PORCHES
Copywriter
Efetivo · MINDELO
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services - Compensation (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Customer Service - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs Taxes - Controls & Analytics (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs Credit And Collections - Danish/Swedish/Finnish Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
2 de nov. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Interparfums: terceiro trimestre marcado por ligeira recuperação

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
2 de nov. de 2020

Após registar uma quebra de 68% no seu volume de negócios no segundo trimestre de 2020 para 35,5 milhões de euros, principalmente devido ao encerramento das lojas durante o primeiro confinamento, a Interparfums registou uma recuperação significativa no terceiro trimestre. De julho a setembro, as vendas da especialista francesa em perfumes sob licença (Montblanc, Jimmy Choo, Coach, etc.) atingiram assim 111 milhões de euros, uma queda de 14% em moeda corrente. O grupo indica que a recuperação gradual observada desde o início de julho se confirma em todas as regiões, principalmente na Ásia, França e Estados Unidos.


Parfums Coach


“A aceleração do ritmo de pedidos no início de julho permitiu-nos atingir um volume de negócios trimestral bastante acima das nossas últimas estimativas. Este bom desempenho permite-nos rever em alta as nossas perspetivas de atividade e, tendo em consideração a desaceleração habitual no último trimestre, antecipar um volume de negócios na ordem dos 320 a 330 milhões de euros todo o exercício de 2020. No entanto, dada a falta de visibilidade, parece-nos difícil extrapolar esta tendência favorável para o exercício de 2021", explica Philippe Benacin, CEO da Interparfums.

Um comunicado que chegou, no entanto, antes do anúncio de reconfinamento que teve início em França na sexta-feira, 30 de outubro, e que mais uma vez resulta no encerramento de lojas não essenciais.

Ao longo do período, a Montblanc, peso pesado do portefólio da Interparfums, registou uma queda de 16% para 31,4 milhões de euros. A Jimmy Choo e a Lanvin registaram uma queda nas vendas de 34% e 3%, respetivamente, enquanto a Coach foi a única registar crescimento. A marca viu as suas vendas crescerem 3% para 23,3 milhões de euros, impulsionadas pelo lançamento de uma nova linha no início do ano.
 
Por zonas geográficas, apenas a Ásia está a crescer, com um volume de negócios de 18,6 milhões de euros, um aumento de 29%. Note-se que, enquanto a Europa Ocidental caiu 16% para 23,6 milhões de euros, as vendas em França aumentaram 12%.

Segundo Philippe Santi, diretor-geral adjunto: “O segundo semestre, marcado por uma significativa retoma da atividade, irá permitir-nos assegurar um nível de rentabilidade satisfatório, ao mesmo tempo que continuamos a nossa dinâmica política de investimento em marketing e comunicação.”
 
Nos primeiros nove meses do ano, o volume de negócios atingiu assim 250 milhões de euros, reduzindo a queda para 32% em moeda corrente e constante.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.