×
Por
AFP
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
28 de jan. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Interparfums: vendas aumentam em 2019, objetivos confirmados para 2020

Por
AFP
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
28 de jan. de 2020

A Interparfums registou um crescimento sólido (+6,4%) em 2019, impulsionado pelos perfumes Montblanc, e confirmou os seus objetivos de vendas para 2020, conforme indicou em comunicado esta terça-feira. A empresa francesa criadora e distribuidora de perfumes de prestígio publicou vendas de 484,3 milhões no ano passado (+3,6% a taxas de câmbio constantes), beneficiando principalmente do lançamento de perfumes na sua linha Montblanc.



A Interparfums "teve um bom ano, com um crescimento superior a 6%, em linha com as nossas estimativas", comentou Philippe Benacin, CEO da Interparfums, citado no comunicado. "Ainda que as atuais incertezas geopolíticas e económicas nos exijam cautela, entramos em 2020 com confiança, com um objetivo de volume de negócios de 500 milhões de euros."
 
A Interparfums indicou também antecipar uma margem operacional acima de 14,5% em 2019 e confirmou o seu objetivo de margem de 14 a 14,5% este ano.

A marca Montblanc, ponta de lança deste crescimento, registou um aumento de quase 30% num ano, para 140,7 milhões de euros. Este desempenho resulta também do "excelente arranque da linha Montblanc Explorer e do bom desempenho da linha inicial Montblanc Legend", indica o grupo.

Os perfumes Jimmy Choo também viram as vendas progredirem (+4%), superando os 100 milhões de euros, graças ao lançamento de variações e de uma linha masculina.
 
As vendas dos perfumes sob a licença Coach aumentaram um pouco (+3% para 86,5 milhões de euros) num ano limitado em termos de lançamentos.
 

Relançamento da Lanvin ainda sem impacto no domínio dos perfumes


 
Os perfumes da Lanvin atravessam dificuldades, com uma queda de 12% para 52,1 milhões de euros, bem como os da Boucheron (-6% para 18,3 milhões de euros).

A marca Rochas, por seu lado, permanece estável (+1% para 34,5 milhões de euros). O lançamento de duas linhas no início de 2020 deverá, no entanto, dinamizar as vendas, espera a Interparfums.
 
Do ponto de vista geográfico, as vendas foram impulsionadas pelo Médio Oriente (+19% para 51,2 milhões de euros), enquanto o seu principal mercado, a América do Norte, também registou um sólido crescimento (+8% para 151,7 milhões de euros). A Ásia-Pacífico está no bom sentido (+6% para 67,9 milhões de euros), enquanto a Europa Ocidental permaneceu estável (91,6 milhões de euros).
 
Em França, um mercado cosmético bastante apagado, a Interparfums alcançou, no entanto, um aumento de 5% na sua atividade.
 
A Interparfums publicará os seus resultados de 2019 a 3 de março.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.