×
361
Fashion Jobs
UNREAL FIELDS
Creative/Art Director
Efetivo - CLT · LISBOA
SALSA
Commercial Product Manager - Work With Product in The Fashion Business
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
SALSA
IT Development Specialist – Oportunidade de Fazer a Diferença no Dia a Dia do Utilizador Final
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer (m/f) - French Speaker
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer - Italian Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
LION OF PORCHES
Fotógrafo (m/f) – Vila do Conde
Efetivo - CLT · PORTO
BWGROUP
Fashion Styling And Production
Efetivo - CLT · BRAGA
BWGROUP
Fashion Design Intern
Estágio · BRAGA
SALSA
E-Commerce Assistant
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Credit Control Specialist (Fluente em Inglês) – Oportunidade de Trabalho Diversificado e Dinâmico
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
CONFIDENTIAL
Concession Manager w/m - Lisboa - Full Time
Efetivo - CLT · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Famalicão - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Freeport - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Alcochete
BWGROUP
Controle de Qualidade / Tabelas de Medidas
Efetivo - CLT · BRAGA
LEVI'S
Part-Time 20h Levis el Corte Inglês Gaia
Efetivo - CLT · Vila Nova de Gaia
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Wshopping (Santarém) - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Lisboa
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Évora Plaza - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Évora
Por
Agência LUSA
Publicado em
11 de mai de 2016
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Investimento de 20 ME no Freeport de Alcochete dá emprego a mais de 150 pessoas

Por
Agência LUSA
Publicado em
11 de mai de 2016

Lisboa (Lusa) – As obras de remodelação do Freeport de Alcochete, no valor de 20 milhões de euros, vão permitir ao ‘outlet’ aumentar o número de lojas para 130 e empregar mais de 150 pessoas, disse hoje o diretor-geral, Nuno Oliveira.


"O projeto de reformulação integral do Freeport Fashion Outlet de Alcochete, num investimento de 20 milhões de euros, levará ao aumento do número de lojas no centro em mais 35, para 130, e será responsável pela criação de emprego superior a 150 postos de trabalho", explicou o gestor durante a sua apresentação, em Lisboa.

O Freeport de Alcochete, onde é possível encontrar grandes marcas internacionais de moda, incluindo o segmento de luxo, com descontos durante todo o ano, foi comprado no final de 2014 pelo grupo VIA Outlets, composto pela UK REIT Hammerson, a APG, gestora de ativos de fundos de pensões holandeses, a Meyer Bergman, gestora de ativos de retalho, e a Value Retail, especialista em centros ‘outlet’.

"A intervenção no centro iniciar-se-á no final de maio e será feita por fases, estando prevista a conclusão das obras na primavera de 2017, o que vai permitir reforçar a oferta de moda e luxo presente no 'outlet' e criar uma nova praça dedicada à gastronomia", referiu o gestor.

As obras não irão afetar a atividade normal do centro e vão permitir ajustar a Área Bruta Locável (ABL) dedicada à comercialização para 37.786 metros quadrados.

Segundo Nuno Oliveira, "o motor arquitetónico do novo projeto tem subjacente a ideia de trazer Lisboa para o Freeport".

"Queremos que o resultado desta intervenção resulte num centro mais elegante do ponto de vista arquitetónico, mais sóbrio e acolhedor, com uma oferta ainda melhor e mais completa", disse, adiantando que as pessoas vão encontrar no Freeport "alguns elementos que associam à cidade de Lisboa e que serão transportados para o centro".

"As fachadas onde estão as lojas, a utilização de azulejos, o mobiliário urbano do Freeport e todos os espaços públicos vão proporcionar [também] um ambiente de turismo muito semelhante a Lisboa", salientou.

O diretor-geral referiu ainda que a duração média da visita de um convidado é de 90 minutos, enquanto noutros 'outlet' da Europa é de três a quatro horas, pelo que "queremos aumentá-la", disse.

"Com o objetivo de aumentar a duração média de cada visita, a intervenção nas áreas públicas foi pensada na ótica do usufruto do espaço, e o reforço da oferta comercial foi estrategicamente pensado para posicionar o Freeport como a referência de 'shopping' das melhores e mais reconhecidas marcas nacionais e internacionais", salientou.

A instalação das novas lojas vai permitir um crescimento do volume de negócios do Freeport superior a 20%, sendo que o perfil das novas marcas internacionais se situa no segmento ‘fashion’, o qual "é extremamente valorizado" pelos clientes portugueses e estrangeiros.

"A criação de uma nova praça dedicada à gastronomia, complementará a experiência de ‘shopping’ que queremos proporcionar aos clientes”, disse Nuno Oliveira, adiantando que se estima com este o investimento que haja "um incremento de cerca de 20% dos resultados anuais".

O Freeport alcançou vendas recorde em 2015, que cresceram 6,2% face 201, e o total de visitantes aumentou 3,8%, repartindo-se entre visitantes nacionais e internacionais.

Copyright © 2021 Agência LUSA. Todos os direitos reservados.