×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
24 de jun. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Isabel Marant lança o seu site em segunda mão

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
24 de jun. de 2021

Também Isabel Marant se converte à moda circular. Tal como outras marcas, incluindo mais recentemente a Benetton e Orchestra, a marca francesa de pronto-a-vestir está a lançar a sua plataforma Isabel Marant Vintage em segunda mão, que atribui um voucher a qualquer pessoa que venda peças de vestuário usadas e doará todas as receitas ao fundo de doações da estilista francesa proprietária da marca homónima.


Página inicial do site de stock em segunda mão - Isabel Marant


O objetivo de Isabel Marant, que sempre "propôs um guarda-roupa intemporal composto por roupas concebidas para durar", é dar uma segunda vida às suas peças de vestuário. "No centro dos pensamentos e valores da marca, a ecologia do vestuário, como a sua estilista lhe chama, é um manifesto social a favor de uma moda mais responsável", disse a empresa num comunicado de imprensa.
 
O website isabelmarant-vintage.com, lançado na sexta-feira (18 de junho), pretende ser concreto e de fácil acesso, facilitando os procedimentos daqueles que vendem as peças de vestuário. "Nenhuma ficha de produto a preencher, nenhuma fotografia a tirar", declara a marca no novo portal. Os vendedores simplesmente enviam os seus produtos tal como estão à empresa, que se encarrega de os selecionar e de os tornar aptos a serem novamente vendidos.

Após os gestores de qualidade da maison validarem a compra, o vendedor recebe um voucher que pode utilizar nos últimos produtos da marca, ou peças de coleções passadas em Isabel Marant Vintage. Para o lançamento do site em França, a marca oferece também "pacotes surpresa", vendidos por 145 euros e contendo artigos tais como cintos, T-shirts, pequenos artigos em pele, sacos de lona, etc.
 
Coerente com o caminho responsável tomado pela empresa, a maison de moda especifica que todas as receitas desta iniciativa "serão doadas ao fundo Isabel Marant, cujo objetivo é empenhar-se diariamente na formação das mulheres e no apoio ao artesanato nas comunidades indígenas".
 
Muitos gigantes do comércio eletrónico de moda também adotaram este tipo de formato dedicado ao mercado de segunda mão, que é cada vez mais apreciado pelas novas gerações de consumidores. Após a Zalando e a Farfetch, a Mytheresa juntou recentemente forças com a Vestiaire Collective, enquanto a LVMH lançou o seu site Nona Source dedicado ao stock de armazém.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.