×
303
Fashion Jobs
DIRETOR(A) INDUSTRIAL
Diretor(a) Industrial
Efetivo · MONACO-VILLE
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
DAMA DE COPAS
Consultora de Lingerie
Efetivo · PORTO
THE KOOPLES
Sales Assistant 16h - Eci Lisbon
Efetivo · LISBOA
EMPRESA DE MODA NO SETOR DO LUXO
Vendedor/a de Loja de Gama Alta
Temporario · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Foz Plaza - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Figueira da Foz
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Coimbra cc Forum Coimbra - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo ·
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa cc Chiado - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo · LISBOA
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
16 de mai. de 2022
Tempo de leitura
5 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Isak Andic (Mango): “Abrir na Quinta Avenida era o meu sonho como empresário"

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
16 de mai. de 2022

Normalmente longe dos holofotes dos media, a figura de Isak Andic está envolta em mistério e desperta o interesse dos grandes empresários que não gostam muito das aparições públicas. O discreto fundador da Mango não aparece frequentemente na imprensa, nem costuma fazer declarações. Mas o desembarque da marca na Quinta Avenida, com uma loja de 2100 metros quadrados, foi uma exceção. O empresário nascido na Turquia não pôde e não quis esconder o seu orgulho e alegria nesta merecida ocasião, numa reunião selecionada no petit comité com vários meios de comunicação, incluindo a FashionNetwork.com.
 

Isak Andic com Katie Holmes no jantar de inauguração da flagship nova-iorquina - Mango


“Abrir uma loja na Quinta Avenida era o meu grande sonho como empresário", assegurou o fundador da Mango, quando questionado sobre a inauguração da sua nova loja emblemática na Big Apple. Especificamente, no número 711 da conhecida artéria de Nova Iorque. Um ponto de viragem na estratégia de expansão internacional da marca catalã, que envolveu um investimento de mais de 100 milhões de euros e através do qual a empresa pretende abrir cerca de 30 pontos de venda nos Estados Unidos durante os próximos três anos.
 
Para Andic, esta grande inauguração, que contou com a presença de convidados de todo o mundo e celebridades como Katie Holmes, Veronika Heilbrunner e Camille Charrière, é apenas a "ponta do iceberg" de uma ambiciosa estratégia de implantação internacional da empresa, que também está a trabalhar com objetivos na Índia. A médio prazo, a Mango espera que este mercado esteja entre as suas cinco principais regiões em termos de volume de negócios.

Com uma forma agradável e amigável, o homem de negócios, nascido em Istambul em 1953 e de uma família sefardita hebraica, não conseguiu esconder o seu sorriso durante o evento de inauguração da loja, um "marco na história da Mango", tal como definido pelos seus principais executivos durante a conferência de imprensa dessa mesma manhã de quarta-feira (11 de maio).
 
Não faltaram ao partido os filhos do fundador da empresa com sede em Barcelona: Sarah, Judith e Jonathan. Embora todos os três tenham passado pelas fileiras da empresa familiar em algum momento das suas carreiras, apenas Jonathan Andic continua envolvido na gestão quotidiana e é membro do conselho de administração. Agora com 40 anos, o filho primogénito de Andic dirige a linha Mango Man, assim como as áreas de design de interiores e gestão de construção, e foi vice-presidente executivo durante um breve período.

A melhor equipa executiva da história da Mango



Considerado o homem mais rico da Catalunha, Isak Andic amealha a quinta maior fortuna em Espanha, estimada pela Forbes em mais de 2 mil milhões de euros. Após chegar a Barcelona aos 16 anos de idade, deu os seus primeiros passos na indústria da moda em 1972, vendendo blusas bordadas à mão na Turquia. Pouco tempo depois, o seu negócio expandiu-se para feiras e até incluiu várias lojas de ganga com o seu próprio nome em Barcelona. Em 1984, fundou a Mango com o seu irmão mais velho Nahman Andic.
 
Apaixonado por ski e viagens, o homem de negócios deixou a linha da frente da empresa durante alguns meses em 2009 para navegar à volta do mundo no seu veleiro de 53 metros, o Nirvana Formentera. Cinco anos mais tarde, tentou dar lugar à nova geração, mas o complexo contexto económico garantiu a sua presença decisiva na empresa por mais alguns anos. Pelo menos até 2018, quando Toni Ruiz, que tinha sido diretor financeiro (CFO) desde 2015, se tornou o homem encarregado de liderar o futuro da sua empresa, que foi subsequentemente nomeado CEO da empresa em março de 2020.
 
"Neste momento, a Mango tem a melhor equipa de gestão da sua história", disse o atual presidente não-executivo da empresa. Duas mulheres também se destacam: a diretora financeira Margarita Salvans e a diretora de comércio eletrónico, Elena Carasso, que levou a marca a dar o salto para o negócio online em 1999. Atualmente, o canal representa 42% do volume de negócios total da marca.


Sede da Mango - Mango


Do Metaverso às criptomoedas



Por sua vez, Andic permanece um passo atrás em relação às operações quotidianas da empresa, que visita pelo menos uma vez por semana, mas que continua a ser um fator-chave em vários projetos. "Acredito firmemente no Metaverso", disse como uma declaração de intenções para o futuro da empresa, que já lançou a sua primeira coleção de NFTs e participou na primeira edição da Metaverse Fashion Week na Decentraland.
 
Noutras correntes de inovação, tais como as moedas criptográficas, o empresário foi mais reticente, insistindo que todos os seus investimentos já têm um destino específico. "Tudo o que tenho investigo na Mango", acrescentou.
 
Não parece ser um mau plano. E ainda menos considerando os últimos resultados da empresa, que teve um volume de negócios de 2234 milhões de euros em 2021, praticamente recuperando os níveis de vendas pré-pandémicas. Por seu lado, o lucro foi o mais elevado desde 2014 e as contas da empresa são completamente saudáveis. Depois de ter acumulado uma dívida de 600 milhões de euros em 2016, no último exercício financeiro já era negativa.
 
No início do ano, Isak Andic reorganizou a sua holding, Punta Na, que detém as ações da empresa-mãe da Mango. Esta mudança foi acompanhada pela criação de um conselho de administração, presidido por Andic e incluindo os seus três filhos. Até então, o empresário era o único administrador da empresa e esta iniciativa reforça o papel da família no órgão de decisão da empresa, bem como orienta a futura sucessão.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.