JD Sports: em ano de sucesso, Finish Line revela-se uma boa compra

Boas notícias vindas do Reino Unido. No mesmo dia em que a Shop Direct relatou fortes resultados no período de Natal, a JD Sports Fashion também teve bons resultados para anunciar. Referindo-se ao período de 48 semanas até 5 de janeiro, a retalhista de desporto, moda e outdoor revelou que o crescimento total das vendas para as suas cadeias Sports Fashion no Reino Unido e no estrangeiro foi de 15%.


Foto: Divulgação

O valor global exclui as recentes aquisições da Finish Line nos Estados Unidos e da Sport Zone na Península Ibérica, mas a empresa disse que o crescimento das vendas like-for-like nestas unidades para o mesmo período de 48 semanas é agora superior a 5%, “incluindo um desempenho consistentemente positivo na Black Friday e no período de Natal.”
 
A multinacional acrescentou que as margens de lucro bruto se mantiveram nos níveis do ano anterior, à medida que a empresa evitou "descontos reativos de curto prazo desnecessários". E, considerando os "bem conhecidos desafios em todo o mercado retalhista do Reino Unido", a empresa disse estar "satisfeita com este resultado comercial, que demonstra ainda mais as bases sólidas da nossa dinâmica proposta multicanal e multimarca em todo o nosso mercado principal e a nossa capacidade de crescimento adicional através de um alcance geográfico em expansão”.

A empresa tem vindo a posicionar-se para um crescimento rápido e durante o segundo semestre abriu as suas duas primeiras lojas na Tailândia. Pouco antes do período festivo, também abriu as suas primeiras cinco lojas JD nos Estados Unidos, três das quais conversões de lojas Finish Line existentes.
 
Sobre a estreia nos Estados Unidos, a empresa disse: “É muito cedo para tirar quaisquer conclusões sobre o desempenho inicial, apesar de nos sentirmos encorajados pelos desenvolvimentos até à data.” No entanto, a multinacional tem claramente grandes expectativas, uma vez que vai estender o seu teste inicial da cadeia JD com a conversão de até 15 lojas Finish Line no primeiro semestre.

Não que isso signifique que a Finish Line será eliminada no seu mercado interno. A empresa revelou sentir-se "encorajada pelo desempenho contínuo do negócio da Finish Line, que apresentou melhorias tanto nas vendas como na margem em relação ao ano anterior”. “Continuamos confiantes de que estamos bem posicionados para explorar as oportunidades que existem para melhorar a rentabilidade futura deste negócio.”
 
E acrescentou que também está confiante de que o seu lucro antes de impostos para o ano fiscal que termina a 2 de fevereiro “estará no limite superior das expectativas de mercado publicadas, que atualmente variam entre 325 milhões de libras (cerca de 364 milhões de euros) e 352 milhões de libras (cerca de 394 milhões de euros).

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirModa - AcessóriosModa - CalçadosDesportoLuxo - Pronto-a-vestirLuxo - AcessóriosLuxo - CalçadosNegócios
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER