×
581
Fashion Jobs
LION OF PORCHES
Editor de Imagem (m/f)
Efetivo · PORTO
JD SPORT
Demand Planner (m/f)
Efetivo · Maia
ADIDAS
Manager Gbs Delivery Excellence - Resource Planning (M/F/D) -Porto/Herzo
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Services Specialist Gbs - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist - People Services - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Reporting & Analytics (M/F/D) - Direct to Consumer Ecommerce
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs Business Analysis (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Gbs Delivery Excellence - Resource Planning (M/F/D) -Porto/Herzo 1
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - Mobility (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs HR Services (M/F/D)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Marketplace Business Developer
Efetivo · Alicante
BIJOU BRIGITTE MODISCHE ACCESSOIRES AG
International Expansion Manager Spain/Portugal
Efetivo · LISBOA
TIFFOSI
Comprador Denim (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Consultant (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct-tO-Consumer Ecommerce (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services - German Speaker (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
UK HR Specialist (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Consultant - Sac/bW-Ip/Fico (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Buyer (m/f) - Non-Trade Procurement
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Apo/Ibp (Snp/Supply) Consultant (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Junior Sap Apo/Ibp (Snp) Consultant (m/f)
Efetivo · Porto
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
14 de set. de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

JD Sports recupera e atinge lucros recorde no primeiro semestre

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
14 de set. de 2021

A JD Sports Fashion anunciou esta terça-feira um aumento nos lucros graças à grande demanda registada na primeira metade do exercício como consequência  do alívio das medidas restritivas e encerramentos de lojas.


Photo: Sandra Halliday


O lucro antes de impostos disparou para 364,6 milhões de libras (cerca de 428 milhões de euros) nos seis meses decorridos até 31 de julho, em comparação com 41,5 milhões de libras (48,7 milhões de euros) obtidos no ano anterior. A receita aumentou para 3,88 mil milhões de libras, contra 2,54 mil milhões anteriormente, e a percentagem de lucro bruto aumentou de 45,6% para 48,5%. O lucro antes de impostos e despesas excecionais atingiu níveis recorde, chegando a 439,5 milhões de libras, acima dos 61,9 milhões de libras do ano anterior e dos 158,6 milhões de libras em 2019.
 
Um valor que inclui "contribuições significativas" dos Estados Unidos, onde os lucros antes de juros, impostos, amortizações e itens de exceção aumentaram para 245 milhões de libras dos 73,4 milhões de libras do ano anterior e dos 35,7 milhões de há dois anos. A contribuição das empresas Shoe Palace e DTLR, recentemente adquiridas, foi de 72,9 milhões de libras.

“Todos os negócios do grupo souberam aproveitar as condições comerciais favoráveis proporcionadas pela segunda ronda de estímulos fiscais do Governo Federal”, afirmou a empresa.

O negócio da JD nos seus principais mercados (Reino Unido e República da Irlanda) também tiver um bom desempenho e os lucros aumentaram para 170,8 milhões de libras, face a 52 milhões no ano anterior e 114,9 milhões há dois anos. No primeiro trimestre, registou-se uma “forte retenção de vendas através dos canais digitais enquanto as lojas estiveram temporariamente fechadas, combinada com uma forte demanda reprimida após a reabertura”.
 
Algo que não aconteceu apenas nestes dois grandes mercados. Durante o período em questão, a aquisição do controlo do Marketing Investment Group na Polónia proporcionou pela primeira vez ao grupo uma presença na Europa de Leste e, embora o ritmo de abertura de novas lojas tenha sido afetado pelas atuais restrições à execução de obras e remodelações em alguns mercados, este continuou a sua expansão. Durante o semestre, abriu 21 novas lojas JD na Europa Ocidental e seis novas lojas na região Ásia-Pacífico (quatro na Austrália e duas na Tailândia). Também conta com 66 lojas que operam sob o nome JD nos Estados Unidos.
 
A empresa também explicou que o seu negócio Outdoor voltou a ser rentável, com um lucro antes de impostos e itens excecionais de 10,8 milhões de libras, após sofrer um prejuízo de 16,8 milhões de libras no ano passado.

O CEO Peter Cowgill declarou: "O grupo continua a demonstrar uma extraordinária capacidade de recuperação face aos numerosos desafios decorrentes da pandemia de coronavírus em muitos países, a pressão generalizada sobre a logística internacional e outros desafios da cadeia de aprovisionamento, níveis mais baixos de afluência às lojas em muitos países após a reabertura e as contínuas consequências administrativas e de custos resultantes da perda do comércio isento de impostos com a União Europeia. Tendo em conta estes desafios, o desempenho recorde obtido pelo grupo no primeiro semestre é muito encorajador. Continuamos totalmente confiantes de que os nossos pontos fortes inerentes à dinâmica e às operações de retalho nos proporcionam uma plataforma sólida para seguir em frente.”

O responsável disse ainda estar "animado” com “os resultados durante as primeiras semanas do segundo semestre, embora a afluência de público ainda seja comparativamente débil em muitos países". "Com base em várias suposições prudentes, mas realistas, para o próximo período de atividade máxima que se avizinha, que levam em consideração a ausência de estímulo nos Estados Unidos durante o segundo semestre do ano e os desafios atuais que a cadeia de aprovisionamento enfrenta em toda a indústria, esperamos atualmente obter um lucro antes de impostos para o ano inteiro de pelo menos 750 milhões de libras."

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.