×
307
Fashion Jobs
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
9 de dez. de 2022
Tempo de leitura
5 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Karl Lagerfeld lança marca de denim digital voltada para a Gen Z

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
9 de dez. de 2022

Com a temporada para a primavera-verão 2023, a marca de ganga Karl Lagerfeld Jeans faz a sua estreia. Destinada, principalmente, à Geração Z, esta concentra-se na primeira geração de verdadeiros nativos digitais que valorizam o individualismo e a conectividade, explica a empresa em comunicado. A Karl Lagerfeld Jeans irá combinar experiências online, offline e phygital, com campanhas exclusivas e orientadas para o digital, graças ao conteúdo gerado pelo usuário, ativações de canais de redes sociais e iniciativas de influencers.


AKarl Lagerfeld lança a sua marca de denim digital voltada para a Gen Z - Karl Lagerfeld Jeans


Intercetando a tendência do street-style, a estética da marca destaca-se nos detalhes da costura em forma de 'K', nos diferentes cortes do denim e no azul elétrico Pantone 2736 C utilizado nas logomarcas das embalagens, nos botões e nos pinos. A oferta inclui também bolsas e sneakers.
 
“O universo Lagerfeld continua a expandir-se e estamos entusiasmados em ampliar o nosso portfólio com o lançamento da Karl Lagerfeld Jeans”, disse Pier Paolo Righi, CEO da Karl Lagerfeld (desde 2011). “Karl não apenas quase sempre usava jeans, mas também tinha uma visão de vida em que queria conectar-se com a geração mais jovem e inspirar a reinvenção contínua da arte e da cultura”.

As coleções da marca Karl Lagerfeld Jeans foram criadas por uma nova equipa (supervisionada pelo diretor criativo da maison, Hun Kim), dedicada ao design e ao produto, cujo estúdio foi instalado na sede da marca de moda, no Herengracht, o canal mais elegante de Amsterdão.
 
“Karl era um mestre em fundir jeans cool e rock-chic com roupas mais elegantes”, declarou o próprio Hun Kim. “Também provou que os jeans não têm idade nem género: não importa quem seja, qualquer um pode usá-lo!”. Para Kim, a Karl Lagerfeld Jeans é uma “marca progressista” que “celebra a diversidade através de novas silhuetas, novos tratamentos e novos detalhes inesperados. O visual é criativo, autêntico e casual, para criadores de tendências e pessoas que quebram regras, e que querem destacar-se da multidão”.
 

A Karl Lagerfeld conta com vestuário feminino, masculino e infantil, bem como bolsas, pequenos artigos de couro, calçado, perfumes, óculos e joalharia - Karl Lagerfeld Jeans


A coleção para a primavera-verão 2023 gira em torno do denim skinny, reto ou mais solto, complementado por blusões jeans versáteis e peças fáceis de combinar. O gráfico quadrado do logotipo, marca registada da Karl Lagerfeld Jeans, é oferecido em Pantone azul e é complementado por toques sazonais contrastantes ou laranja e lima. As estampas são expressivas e pictóricas, inspiradas na arte moderna abstrata e em camuflagem. Por fim, surge um equilíbrio intencional entre formas masculinas e femininas, declinadas em modelos fluidos pensados ​​para misturar e combinar: alguns looks são mais justos, outros mais largos e suaves.
 
O portfólio da marca Karl Lagerfeld inclui vestuário feminino, masculino e infantil, bem como bolsas, pequenos artigos de couro, calçado, perfumes, óculos, e até um hotel (em Macau), uma vila de luxo (em Marbella) e recentemente também peças de joalharia. A nível criativo, Hun Kim colabora com Sébastien Jondeau, ex-guarda-costas e confidente de Lagerfeld, embaixador da marca e consultor de produtos, e Amber Valletta, embaixadora da sustentabilidade. Uma estratégia almejada por Righi, de acordo com o costureiro alemão ainda em vida: cercar-se também de pessoas de confiança de seu entourage, ou de amigos conhecidos na sua trajetória na moda.

Comercializada em cerca de 120 lojas, entre lojas próprias e franquias, e também presente em diversas retalhistas multimarcas selecionadas, 81% da marca Karl Lagerfeld passam a ser detidos pelo grupo G-III Apparel em maio de 2022 (este já possuía 19%). Por essa ocasião, a empresa norte-americana desembolsou cerca de 200 milhões de euros para adquirir esta participação maioritária. Entre as monomarcas de Karl Lagerfeld, destacam-se as de Paris, Londres, Munique, Dubai e Xangai, mas a empresa também possui uma sólida presença digital na Europa, Médio Oriente e Ásia, para além do seu e-shop. Em 2019, Karl Lagerfeld aderiu à iniciativa global de sustentabilidade Fashion Pact, que busca transformar a indústria da moda com metas em três áreas: clima, biodiversidade e proteção dos oceanos.
 
Apelidado de Kaiser (imperador), o estilista Karl Lagerfeld morreu em 2019, aos 85 anos. Autor da ressurreição da Chanel (da qual foi diretor criativo durante mais de 30 anos), é também o génio criativo que deu um grande impulso à visibilidade da Fendi (onde foi designer durante 50 anos) e da Chloé, ao mesmo tempo fundando a sua maison. A sua reputação é tanta que Anna Wintour, da revista Vogue e do Metropolitan Museum of Art de Nova Iorque, anunciou há algumas semanas que o tema da exposição anual do Costume Institute e do Met Gala 2023 será “Karl Lagerfeld: A Line of Beauty”, uma mostra dedicada à obra de Lagerfeld e aos seus 60 anos de carreira, que irá explorar o respetivo processo criativo, a evolução do design e o seu impacto na moda.


A Karl Lagerfeld assegura que50% do seu catálogo é composto por artigos produzidos de forma eco sustentável - Karl Lagerfeld Jeans


Em 2021, as vendas da Karl Lagerfeld aumentaram 40% em relação a 2020 (+35% em relação aos níveis pré-pandemia) e a empresa almeja um crescimento anual de cerca de 20%-25%. Foi o próprio Pier Paolo Righi que o confirmou à FashionNetwork.com, há alguns meses, acrescentando que o total de todas as vendas no retalho da marca se aproxima de mil milhões de dólares. Pier Paolo Righi também revelou recentemente a media italiana especializada que a marca quer desenvolver-se em Itália e em Espanha num futuro próximo, com a abertura de flagships em Milão e Madrid no radar para 2023 e assim que os locais certos forem encontrados. Além disso, segundo Righi, a empresa conta com cerca de 700 colaboradores e foram contratados mais 60 para consolidar a área digital (que passou a responder por 30% da faturação total), marketing e produto. Para concluir, de acordo com o gestor, 50% do catálogo da Lagerfeld é composto por artigos produzidos de forma eco sustentável.
 

Copyright © 2023 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.