×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
27 de nov. de 2019
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Kipling vai lançar malas rígidas e leves no próximo ano

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
27 de nov. de 2019

A Kipling continua a investir na renovação da marca. A empresa belga, que pertence ao grupo VF Corp., mais conhecida pelos seus produtos feitos com nylon enrugado, anunciou que irá lançar a sua primeira linha de malas rígidas em fevereiro de 2020. 


Kipling


O lançamento é a mais recente medida da empresa para tornar a marca mais relevante para o consumidor moderno. A Kipling está a investir em renovações de lojas, opções de personalização in-store e também lançou um serviço de aluguer para viajantes em Londres há alguns meses.

As novas malas rígidas são feitas de um policarbonato "revolucionário" para as tornar resistentes e muito leves, o que ajuda a incorporar a filosofia “Live.Light” da marca. A empresa também disse que a nova linha reflete o novo conceito de loja lançado na Regent Street, em Londres. A loja recentemente renovada “visa alimentar a curiosidade e a aventura com uma porta verde para marcar o início de uma nova jornada”.

As malas da nova linha possuem quatro rodinhas com rodízios duplos com rotação 360° e, além de serem leves e resistentes à água, possuem um travão aprovado pela TSA e alça ajustável. As malas estão disponíveis no tamanho compatível com a cabine de avião e em cores vivas e suaves, incluindo amarelo, vermelho, azul e cinza. A parte interna apresenta tecido impresso com um mapa da Antuérpia, local de nascimento da marca, enquanto o exterior rígido pode ser personalizado, com o acréscimo de adesivos da cidade, tags de bagagem e charms. 

Além desta novidade, a empresa também irá lançar uma série de itens complementares para aprimorar a experiência hands-free, incluindo pochetes e mochilas que serão lançadas em janeiro.

Esta novidade é mais um indício de que a Kipling está a reinventar-se e quer atingir os millennials. A iniciativa RentyourKipling, lançada em setembro, mostra esse foco. Esta fornece um serviço de aluguer para viajantes urbanos em Londres, em resposta à ascensão da economia compartilhada, "permitindo que indivíduos experimentem bagagens Kipling de alta qualidade sem ter que as comprar".

O aluguer de um conjunto completo, que inclui mala de mão, mochila e crossbody, por um fim de semana prolongado (aproximadamente quatro dias) custa cerca de 12% de uma compra com preço integral desses mesmos três itens. Segundo a empresa, esta medida também liberta espaço em casa, além de garantir que as malas sejam sempre usadas e, por fim, menos produzidas. Cerca de 65% das pessoas têm problemas com o armazenamento de bagagens vazias em casa, de acordo com a Kipling.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.