L'Oréal finaliza compra das termas La Roche-Posay

Os acionistas das termas da La Roche-Posay anunciaram ter concluído a venda da estação à gigante francesa L'Oréal, que pretende torná-las no símbolo da marca de dermocosmética homónima, da qual já é proprietária. 


Thermes de La Roche Posay

Os acionistas da empresa termal da La Roche-Posay (Bpifrance, Ouest Croissance e UI Gestion) permanecerão acionistas da atividade hoteleira de termas, situada no departamento de Vienne, revelaram num comunicado.
 
O valor da transação não foi divulgado. Em 2018, a atividade termal da La Roche-Posay recebeu mais de 7.500 utilizadores, gerando uma faturação de 5,6 milhões de euros.

A L'Oréal anunciou a 1 de agosto ter feito uma oferta para comprar as termas da La Roche-Posay, a primeira estação europeia especializada em dermatologia, para o tratamento de certas doenças de pele (nomeadamente eczema, psoríase e queimaduras).
 
Um lugar que é "o coração histórico da marca" e que "encarna todos os valores" em termos de compromisso com a saúde e o bem-estar, explicou recentemente à AFP Laetitia Toupee, diretora-geral da marca La Roche-Posay, que é explorada pela L'Oréal desde 1989.

Ao assumir a liderança das termas, a L'Oréal planeia aumentar ainda mais a influência internacional da sua marca, recebendo mais utilizadores estrangeiros e desenvolvendo ainda mais a atividade de bem-estar da estação. "Atualmente, os utilizadores são na sua maioria franceses, mas temos pedidos do Brasil e dos Estados Unidos, e amanhã será também da China", disse Laetitia Toupet.
 
A L'Oréal adotou uma estratégia semelhante nos Alpes, onde comprou, em 2016, a pequena marca de água termal Saint-Gervais Mont Blanc, bem como a estação homónima, que reabriu este outono após dois anos de renovações lideradas pelo grupo, mais uma vez para receber clientes de todo o mundo, incluindo da China.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.

CosméticaBeleza - DiversosNegócios
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER