L'Oréal lança o seu primeiro plano de participação acionária de funcionários

A gigante francesa de cosméticos L’Oréal anunciou esta terça-feira (15) o lançamento do seu primeiro plano de compra de ações para funcionários, que vai possibilitar aos colaboradores a compra de, no máximo, 500 mil ações.


Photo d'archives/REUTERS/Eric Gaillard

"Este primeiro plano primeiro plano de participação acionária vai permitir que os funcionários acompanhem a empresa no seu crescimento e participem no seu projeto estratégico de uma nova maneira", declarou Jean-Paul Agon, CEO da L’Oréal, num comunicado. A L’Oréal é a maior empresa de cosméticos do mundo e emprega 82.600 pessoas em 52 países.

Esta operação não vai alterar a organização do grupo, que é maioritariamente controlada pela família Bettencourt (33,13% do capital a 31 de dezembro) e cujo segundo maior acionista é o grupo suíço Nestlé (23,17%).

O preço de aquisição das ações será fixado a 1 de junho e beneficiará de um desconto de 20% aplicado sobre o preço médio de abertura das ações da L'Oréal na bolsa Euronext Paris nos vinte dias de pregão anteriores à decisão. O período de subscrição decorrerá de 4 junho a 18 junho de 2018 e a liquidação está prevista para 24 de julho de 2018. O grupo de beleza disse que as ações adquiridas sob a forma nominativa, bem como as unidades de fundos de participação dos funcionários, serão bloqueadas por um período de cinco anos, sujeito a exceções de liberação antecipada definidas pelas regulamentações aplicáveis ​​nos países em que a oferta for disponibilizada.

O grupo lançou o programa 'Share & Care' em 2015, que oferece aos funcionários um conjunto universal de benefícios sociais.

Traduzido por Novello Dariella

© Thomson Reuters 2018 Todos os direitos reservados.

CosméticaBeleza - DiversosNegócios
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER