×
581
Fashion Jobs
LION OF PORCHES
Editor de Imagem (m/f)
Efetivo · PORTO
JD SPORT
Demand Planner (m/f)
Efetivo · Maia
ADIDAS
Manager Gbs Delivery Excellence - Resource Planning (M/F/D) -Porto/Herzo
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Services Specialist Gbs - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist - People Services - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Reporting & Analytics (M/F/D) - Direct to Consumer Ecommerce
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs Business Analysis (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Gbs Delivery Excellence - Resource Planning (M/F/D) -Porto/Herzo 1
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - Mobility (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs HR Services (M/F/D)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Marketplace Business Developer
Efetivo · Alicante
BIJOU BRIGITTE MODISCHE ACCESSOIRES AG
International Expansion Manager Spain/Portugal
Efetivo · LISBOA
TIFFOSI
Comprador Denim (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Consultant (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct-tO-Consumer Ecommerce (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services - German Speaker (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
UK HR Specialist (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Consultant - Sac/bW-Ip/Fico (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Buyer (m/f) - Non-Trade Procurement
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Apo/Ibp (Snp/Supply) Consultant (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Junior Sap Apo/Ibp (Snp) Consultant (m/f)
Efetivo · Porto
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de jan. de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Louis Vuitton é a marca francesa mais poderosa

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de jan. de 2020

A francesa Louis Vuitton, principal marca do grupo de luxo LVMH, destronou marcas como Chanel, Hermès e L'Oréal no ranking 2020 das marcas francesas mais valiosas realizado pela empresa Kantar.


© AFP / Miguel Medina


De acordo com o ranking anual BrandZ Top 50 France, a Louis Vuitton manteve a liderança com um aumento de 15% no valor da sua marca, para 53,4 mil milhões de dólares. A empresa Kantar e a sua proprietária, a gigante britânica de relações públicas WPP, atribuíram este resultado às "iniciativas experimentais de marketing, como viagens imersivas para os seus clientes, e a criação da TV LV no YouTube, um importante fator do seu sucesso”.

A empresa de artigos de couro de luxo aumentou a diferença em relação à Chanel, cujo valor de marca é de 43 mil milhões de dólares (+10%). A Hermès completou o pódio, avaliada em 34,6 mil milhões de dólares (também com um aumento de 10%). Além deste trio de luxo, o ranking também contou com a presença da gigante de cosméticos L'Oréal (com 27,82 mil milhões de dólares, +7%), e o grupo de telecomunicações Orange.

Esta classificação dá ao luxo uma posição privilegiada, com nove marcas a subirem no Top 50 (Louis Vuitton em 1.º, Chanel em 2.º, Hermès em 3.º, Cartier em 12.º, Dior em 14.º, Saint Laurent em 18.º, Givenchy em 26.º, Céline em 35.º e Van Cleef & Arpels em 46.º). O valor acumulado destas marcas representa 151 mil milhões de dólares, ou quase metade do total deste Top 50 (309,7 mil milhões de dólares, +6% num ano).

Os autores do estudo destacaram a importância da exposição internacional na promoção das marcas francesas. Essa notoriedade internacional rendeu-lhes a liderança das marcas mais conceituadas no exterior, à frente das da Alemanha e de Itália.

O estudo também destaca o desempenho da Decathlon (22.º no ranking, avaliada em 2 mil milhões de dólares, +7%), considerada "a marca mais inovadora de 2020, principalmente por ter apostado em compras digital (online e na loja) e pela importância que tem dado às experiências e interatividade".

Beleza consolida ainda mais a sua posição

Outro player de retalho destacado no ranking, logo à frente da Decathlon, na 21.ª posição, foi a Sephora, cuja valorização da marca aumentou 8% de acordo com o indicador BrandZ.

Ainda no setor da beleza, embora a marca líder L'Oréal tenha ficado na quarta posição, o grupo marcou presença no ranking com mais quatro marcas: Lancôme, que manteve a sua sexta posição (+14%, com pouco mais de 13 mil milhões de dólares), à frente da Garnier, que ocupou o 7.º lugar; e também La Roche-Posay, em 30.º, e Vichy, em 41.º. Entre os concorrentes do grupo L’Oréal no ranking encontramos a Clarins em 33.º, que registou o melhor progresso do setor com uma valorização de 30%, para 1.366 mil milhões de dólares, e, por fim, a L'Occitane en Provence, número 47 no ranking (+7%).

Patrocinado pelo WPP e Kantar, este ranking combina dados financeiros de empresas que foram objeto de publicações oficiais e opiniões de mais de 106.400 consumidores de países de todo o mundo, avaliados ​​com base em amostras representativas da população.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.