×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
13 de jul. de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Louvre estreia em setembro retrospetiva Thierry Mugler: Couturissime

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
13 de jul. de 2021

O Musée des Arts Décoratifs (MAD) do Louvre vai apresentar uma grande retrospetiva da carreira e criatividade de Thierry Mugler, que inaugurará em setembro na Cidade da Luz.


Visual que figura na retrospetiva do MAD - Foto: Cortesia do Musée des Arts Decoratifs


Intitulada Thierry Mugler: Couturissime, a exposição foi concebida para prestar homenagem a um artista multidisciplinar único, cujas ideias influenciaram a moda, a fotografia, a cultura da música em vídeo, a perfumaria e os direitos dos gays
 
Criada não como retrospetiva clássica, a Thierry Mugler: Couturissime irá também destacar as colaborações históricas entre Thierry Mugler e o seu alter ego criativo Manfred. Manfred Thierry Mugler – nascido no ano de 1946, em Estrasburgo (França) – é o homem por trás da inconfundível marca Thierry Mugler desde 1973, designer que agitou a indústria da moda com a sua criatividade e diferença.

Com inauguração prevista para 30 de setembro de 2021, podendo ser vista até 24 de abril de 2022, a exposição foi iniciada, produzida e divulgada pelo Musée des Beaux-Arts de Montréal (MBAM) em 2019, na província de Quebec (Canadá)


Look efeito "pneu" da coleção de alta costura Les Insectes, em colaboração com Abel Villarreal - Foto: Patrice Stable


A exposição Thierry Mugler: Couturissime será montada no interior das recentemente renovadas Christine e Stephen A. Schwarzman Fashion Galleries do MAD. 
 
Desde a década de 1970 até 2002, quando Mugler se reformou como designer ativo de passerelles, o criador francês estabeleceu-se como um dos mais ousados e inovadores costureiros do seu tempo, criando um visual dramático com ombros de poder que definiu a silhueta dos anos 80 do século XX.
 
Foi um dos primeiros designers europeus a apreciar o poder e o alcance da cultura MTV. E a sua colaboração com George Michael no vídeo Too Funky de 1992 – que apresenta apenas roupas Mugler – marca um momento determinante no estabelecimento da alta costura como um fenómeno global e não apenas um culto ao vestuário manual e muito especializado reservado a alguns milhares de mulheres bilionárias. Enquanto que o leotard de robô metálico colado ao corpo, com espelhos retrovisores, que idealizou para a modelo e atriz sueca Emma Sjoberg, continua a ser uma imagem icónica da moda. A inclusão pioneira de modelos transgéneros nos seus lendários desfiles dos anos 90 em Paris, também desempenhou um papel não negligenciável na crescente aceitação da diversidade sexual e identidade não binária.
 
A exposição – que será distribuída por dois andares – marcará ainda o regresso de Mugler a Paris, onde a sua fama começou há quase cinco décadas. 

George Michael - Too Funky (Official Video)


Desde silhuetas de pronto-a-vestir a alta costura e trajes de palco, fotografias e arquivos inéditos datados de 1973 a 2014, a Thierry Mugler: Couturissime mostrará o universo deste criador e as suas múltiplas colaborações nos campos do entretenimento, música e cinema, uma vez que deu muitos contributos como bailarino, designer de interiores, entusiasta da arquitetura, fotógrafo e diretor de arte, revelando ser uma verdadeira alma independente.
 
Com curadoria de Thierry-Maxime Loriot, e cenografia coletiva em colaboração com o MBAM, a mostra incluirá performances digitais de profissionais do entretenimento e do audiovisual. 
 
Uma sala será dedicada à fotografia, desde que Mugler, em 1976, se tornou um dos primeiros designers a começar a fotografar as suas próprias campanhas. Fotografando as suas Glamazons altas, glamorosas e autoconfiantes, como a atriz americana Jerry Hall ou a modelo somali-americana Iman, em locais excêntricos como a Gronelândia; o grupo de sete arranha-céus em Moscovo, ao estilo estalinista, denominado Sete Irmãs; o Deserto do Saara, e o telhado da Ópera de Paris. 
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.