×
352
Fashion Jobs
GIANNI KAVANAGH
Marketing Director
Efetivo - CLT · BRAGA
UNREAL FIELDS
Creative/Art Director
Efetivo - CLT · LISBOA
SALSA
Commercial Product Manager - Work With Product in The Fashion Business
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
SALSA
IT Development Specialist – Oportunidade de Fazer a Diferença no Dia a Dia do Utilizador Final
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer (m/f) - French Speaker
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
LION OF PORCHES
Editor de Imagem/Vídeo (m/f)
Efetivo - CLT · PORTO
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Almada Fórum - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Almada
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Loures Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Loures
SYSTEMACTION
Vendedor
Estágio · LISBOA
THE KOOPLES
Sales Assistant Part Time (20h) Lisboa
Trabalho temporário · LISBOA
THE KOOPLES
Concession Manager w/m - Lisboa - Full Time
Efetivo - CLT · LISBOA
CONFIDENTIAL
Concession Manager w/m - Lisboa - Full Time
Efetivo - CLT · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Braga - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Braga
LEVI'S
Store Manager (ds Porto)
Efetivo - CLT · Porto
MAJE
Assistant Store Manager - Colombo Lisbon m/f
Trainee · LISBOA
MARIA BY FIFTY
Marketing Digital
Estágio · BRAGA
MARIA BY FIFTY
Fashion Designer/ Grafic Designer
Estágio · BRAGA
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
15 de mai de 2019
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

LVMH aposta na biodiversidade com a UNESCO

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
15 de mai de 2019

Os grandes grupos de luxo estão a apostar em força no desenvolvimento sustentável. Enquanto a Kering publicou os seus primeiros padrões sobre bem-estar animal na segunda-feira (13), agora é a vez da LVMH mostrar o seu compromisso. A empresa anunciou uma parceria de cinco anos com a UNESCO que visa apoiar o seu projeto “O Homem e a Biosfera" (MAB), um programa científico intergovernamental que visa reduzir a perda de biodiversidade e tratar os seus aspetos ecológicos, sociais e económicos.
 

Antoine Arnault, diretor do grupo LVMH e Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO - © Gabriel De La Chapelle


Como parte deste acordo, o grupo de luxo liderado por Bernard Arnault estará presente ao lado da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura em grandes eventos internacionais nos próximos dois anos, como a 15.ª Conferência das Partes (COP15) na Convenção sobre a Diversidade Biológica, prevista para novembro de 2020 em Kunming, na China.
 
O programa MAB reúne várias disciplinas (ciências exatas e naturais, ciências sociais, economia e educação) destinadas a melhorar os ambientes humanos e preservar os ecossistemas naturais, encorajando abordagens inovadoras e apoiando-se numa extensa rede de players, bem como 686 reservas de biosfera em 122 países.

Graças a essa rede, a LVMH e as suas marcas se beneficiarão da expertise científica da UNESCO nos seus programas de sourcing sustentável. "Esta parceria também facilitará a implementação de soluções inovadoras na gestão sustentável dos recursos naturais e na identificação de produtos e novos mercados com base na qualidade e rastreabilidade dos materiais", disse a empresa num comunicado.
 
Por seu lado, o grupo participará em projetos de pesquisa científica apoiados pelo MAB, utilizando algumas das suas infraestruturas para o estabelecimento de locais piloto no campo da conservação e do uso responsável da biodiversidade a longo prazo.
 
Esta parceria reforça o compromisso da LVMH com as questões de desenvolvimento sustentável, formalizadas a partir de 2012 no seu programa LIFE (LVMH Initiatives For the Environment) que se foca em quatro objetivos: melhorar até 2020 o desempenho ambiental de 100% dos seus produtos; estar ainda mais atento à rastreabilidade e conformidade das matérias-primas utilizadas, implementando os melhores padrões em 70% das cadeias de aprovisionamento em 2020, e atingindo 100% em 2025; reduzir as emissões de CO2 do consumo de energia em 25% até 2020, em comparação com 2013; para cada um dos seus sites (industrial, administrativo e de retalho),  melhorar em pelo menos 10% os indicadores-chave de eficácia ambiental.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.