×
370
Fashion Jobs
JD SPORT
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services - Compensation (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Demand Planner (m/f)
Efetivo · Maia
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Associate Accountant Accounts Payable (m/f)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Fórum Aveiro
Temporario · Aveiro
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Sines
Temporario · Sines
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Cascais
Temporario · Cascais
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Caldas Rainha
Temporario · Caldas da Rainha
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Vila Real - Nosso Shopping
Temporario · Vila Real
JD SPORT
Trainees Sport Zone (m/f)
Estágio · Maia
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Barcelos - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Braga
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
10 de dez. de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

LVMH assume participação de 100% na sua empresa de óculos Thélios

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
10 de dez. de 2021

A LVMH não tem o hábito de partilhar as suas atividades. Ainda mais quando se trata de negócios de sucesso. Quase cinco anos após a criação da empresa Thélios, dedicada a óculos, com o grupo italiano de óculos Marcolin, no qual detinha 51% das ações, o gigante do luxo está a assumir toda a atividade, a fim de "integrá-la plenamente na LVMH".


A sede do fabricante de óculos no Veneto - Thélios


"A Marcolin e a LVMH chegaram a um acordo para que a LVMH adquira os 49% do capital da Thélios detidos pela Marcolin. Além disso, a Marcolin comprará de volta os 10% do seu capital adquirido pela LVMH no momento da criação da Thélios", disse o grupo francês liderado por Bernard Arnault, num comunicado de imprensa, sem especificar a dimensão deste investimento.
 
Não há dúvida de que a Thélios tem sido amplamente valorizada nos últimos cinco anos. Desde a sua inauguração em 2018 em Longarone, no bairro de óculos de Belluno, no norte de Itália, onde a Marcolin tem a sua sede. A fábrica ultramoderna já expandiu a sua capacidade de produção com a criação de um segundo local, enquanto a construção de um terceiro edifício já está a ser estudada. Atualmente, gere o desenvolvimento, produção e distribuição de 11 coleções de óculos.

Seguindo os passos da Kering, que em 2014 criou a sua própria empresa dedicada aos óculos, a Kering Eyewear, a fim de internalizar o seu negócio substancial de óculos, anteriormente gerido sob licença, a LVMH optou inicialmente por contar com um especialista, escolhendo a Marcolin como seu parceiro. Cinco anos mais tarde, tendo aprendido com o próprio "ensinamento", o grupo decidiu ir sozinho. Como assinala numa breve nota, "esta operação é uma oportunidade para a LVMH de reforçar ainda mais a sua presença no mundo ocular e de beneficiar do know-how italiano neste campo", enquanto que a Marcolin poderá "prosseguir futuros investimentos estratégicos".
 
A operação foi provavelmente planeada durante algum tempo. Na primavera passada, o antigo vice-presidente executivo da Marcolin, que dirigiu a Thélios, anunciou a sua partida, "acreditando que tinha cumprido a missão com o lançamento bem sucedido deste novo player de óculos". Por enquanto, não foi substituído. Após esta operação, o seu sucessor deverá ser nomeado em breve.
 
Lançada em 2017, a empresa fabricante de óculos Thélios assumiu a licença de óculos Celine, realizada desde 2011 pela Safilo, no mesmo ano. Depois, em 2019, assumiu o importante contrato para as coleções de óculos óticos e de sol da Dior e Dior Homme, que também tinha sido gerido sob licença há 23 anos pela Safilo, que recentemente assumiu também a gestão dos óculos da Fendi e Givenchy. De agora em diante, entre as maisons da galáxia de Bernard Arnault, a única que resta nas mãos do fabricante italiano de óculos é a licença de óculos Marc Jacobs, que vai até 2026.
 
Entretanto, a Thélios enriqueceu a sua carteira. Além das coleções de óculos da Celine, Dior, Fendi e Givenchy, acrescentou as de outras marcas do grupo, tais como a Loewe, Stella McCartney, Kenzo, Fred, Berluti e Rimowa, e como a sua própria marca 9.81 de óculos high-tech topo de gama lançados no início do ano.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.