×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
29 de nov. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

LVMH lança o e-commerce Heristoria, dedicado às peças de arquivo excecionais das suas marcas

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
29 de nov. de 2022

Com a Heristoria.com nasce um novo tipo de e-commerce de luxo sob a égide da LVMH. Esta nova plataforma, ativada há poucos dias, concentra-se exclusivamente em produtos de arquivo excecionais desenhados pelas marcas do grupo de luxo, datadas de 1900 a 2010. Cada um destes produtos oferece uma história particular e a sua venda é acompanhada por uma experiência exclusiva.


Esta pulseira Chaumet de 1926 está à venda por 35.000 euros - heristoria.com


O site oferece assim a possibilidade de receber a compra pessoalmente durante um atendimento personalizado num local emblemático da marca em questão. Podendo ser desde uma visita aos ateliers, à cerimónia de retoque e ajuste de tamanho, à descoberta de um "lugar muito secreto" da maison de perfumes Guerlain, ou ainda visitas privadas com provas nas caves e quintas dos grandes vinhos e champanhes do grupo.
 
Atualmente, estão disponíveis no site um total de 29 peças excecionais de 21 marcas, nas categorias de perfumaria, vinhos e destilados, moda e marroquinaria, relógios e joias. Foram selecionados, dentro ou fora do grupo, sempre em parceria com as marcas. Descritos como "vintage", os produtos oferecidos têm uma história única para contar. “Atemporais, autênticos e altamente desejáveis”, reúnem-se pela primeira vez, diz um comunicado, que destaca o trabalho de “curadoria sob medida”.

Também encontramos a pulseira Art Déco encomendada à Chaumet em 1926 por um industrial inglês para a sua esposa, vendida por 35.000 euros; um vestido de Alta Costura em cetim Duchese preto feito por Hubert de Givenchy em 1956, vendido por 12.000 euros; e o conjunto em jersey de seda, desenhado por Jean Patou em 1976 para as rececionistas do Concorde, vendido por 800 euros.
 
Esta e-shop inusitada foi iniciada por Gérosine Henriot. No grupo desde 2015 (responsável pelo controlo de gestão da Bulgari France), é uma apaixonada por história, por isso começou a pensar em como transmitir artigos de luxo para além das genealogias familiares e apresentou o seu projeto na plataforma DARE, um programa de incubação de intraempreendedores criado pela LVMH para promover soluções inovadoras.
 

Da esquerda para a direita, Gérosine Henriot, Nicolas Forge e Laurence Mayer - heristoria.com


Nesse processo, Gérosine foi acompanhada por Laurence Mayer, que atua na LVMH desde 2009, onde cuidou notadamente da formação das equipes de retalho da Louis Vuitton, e por Nicolas Forge, gerente de projetos em transformação digital, que chegou ao grupo em 2019. Este último também participou da construção da Nona Source, outra iniciativa do programa DARE. Os três dão forma à Heristoria, cujo nome é uma combinação das palavras Heritage e Storia ("storia" que significa "história" em latim e em italiano).
 
"A Heristoria testemunha a nossa paixão por grandes histórias. Somente um grupo como o LVMH tem essa capacidade de reunir sob o mesmo guarda-chuva tamanha diversidade de produtos icónicos do património, que são também a expressão da riqueza do know-how das nossas maisons", resumiu o diretor-geral adjunto da LVMH, Toni Belloni.
 

Copyright © 2023 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.