×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
24 de nov de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

LVMH nomeia Anne de Vergeron como nova CEO da Repossi

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
24 de nov de 2020

A LVMH nomeou Anne de Vergeron para o cargo de CEO da centenária joalheira italiana Repossi (desde 1920), promovendo uma executiva experiente que já tinha sido membro do conselho de administração de joalharia do centro de luxo parisiense Place Vendôme.


Anne de Vergeron é a nova CEO dajoalheiraitaliana Repossi que festeja em 2020 o seu 100.º aniversário - Foto: Zoe Ghertner / Repossi


"Anne está lá desde que a LVMH fez o seu primeiro investimento na Repossi. É uma ideia muito boa. Ela é uma mulher e por isso é mais simples. Há uma consciência definitiva do que queremos alcançar, e ela sabe como trabalhar em conjunto com um designer", explicou Gaia Repossi, a diretora criativa da Repossi que celebra este ano o seu 100.º aniversário.

Como experiente banqueira de investimentos, De Vergeron chegou à Repossi há quatro anos, quando a LVMH comprou a sua primeira participação em 2016.

"Trabalhamos mais como designers de moda em termos de imagem, marketing e desenvolvimento de produtos. Na Repossi, empenhamo-nos em tendências, contando histórias e tentando fazer menos mas melhor. Trabalhar com um grupo como a LVMH que está habituado a lidar com criativos torna as coisas muito mais fáceis", acrescentou Gaia Repossi ao site FashionNetwork.com.

Em maio de 2019, a LVMH adquiriu a opção de controlo maioritário da Repossi. Fundada em Turim em 1920, por Gian Petro Repossi, a maison tem sido orientada durante a última década por Gaia Repossi, a quarta geração da família.

O próximo grande passo é a implantação da sua própria plataforma de comércio eletrónico em fevereiro.

"Esperamos ter cerca de 30 referências na loja online. E terá um sentimento democrático. Peças reconhecíveis com uma assinatura evidente; peças de declaração. A preços que começam em 600 euros com os nossos anéis, até cerca de 25.000 a 30.000 euros para algumas versões pavé", explicou ainda Gaia Repossi, numa vídeo chamada a partir do escritório.


A Repossi vai reservar os artigos mais preciosos de joalharia para as lojas físicas - Foto: Zoe Ghertner / Repossi


Gaia Repossi acrescentou que vai reservar os seus artigos mais preciosos de joalharia para as suas lojas físicas.

"Não se esqueça, somos uma casa de alta costura. E que eu venho de uma antiga família de joalheiros", sorriu.

A Repossi já tem estado a vender a retalho online com bastantes retalhistas eletrónicos, embora apresentando seleções limitadas: Dover Street Market; Net-A-Porter; Fósforos e os websites de Selfridges, Saks e Bergdorf Goodman.

A marca continua a desenhar resolutamente para a frente. Ligou-se a Flavin Judd da Fundação Donald Judd para renovar a boutique histórica da marca no Mónaco. Possui duas flagships stores em Paris e Mónaco, e quatro outras lojas.

A nível mundial, a Repossi vende para 50 armazenistas, tendo reduzido a sua distribuição durante a pandemia para se concentrar menos no comércio grossista.

"Isto é muito LVMH. E, honestamente, pelo que fazemos, é uma coisa boa", admite Gaia.

"A adaptação no nosso grupo é muito rápida e eficiente. Mas, às vezes, as joias precisam de se moverem lentamente, e às vezes temos de nos lembrar disso. É melhor fazer cada vez menos e melhor e talvez não produzir tantas referências. Para nos permitir contar as nossas histórias sem sobrecarregar", concluiu Gaia Repossi, que passou a maior parte de 2020 em Paris, deslocando-se para o seu estúdio de bicicleta elétrica, atravessando o Sena para chegar ao seu apartamento em Saint Germain.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.