×
306
Fashion Jobs
Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
22 de out de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

LVMH vende marca de botas R.M. Williams ao bilionário australiano Andrew Forrest

Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
22 de out de 2020

O bilionário australiano Andrew Forrest, apelidado de Twiggy, com interesses em vários setores da indústria de mineração e estações de gado, informou que a sua empresa privada comprou a fabricante de botas R.M. Williams à gigante francesa da moda LVMH, devolvendo a propriedade da famosa marca de moda ao seu país de origem após seis anos.


Andrew Forrest não revelou o valor da transação que, segundo a Australian Financial Review, terá sido de 190 milhões de dólares australianos. - R.M. Williams


Num comunicado, o fundador e principal acionista da Fortescue Metals Group Ltd disse que estava "incrivelmente orgulhoso e honrado" por trazer de volta o ícone da indústria com "uma longa e orgulhosa história de artesanato australiano de alta qualidade".

Andrew Forrest não revelou o valor da transação que, segundo a Australian Financial Review, terá sido de aproximadamente 190 milhões de dólares australianos (114,76 milhões de euros). Valor que representaria uma redução em relação aos cerca de 500 milhões de dólares que a comunicação social local atribuiu à R.M. Williams quando a LVMH, através do seu braço de investimentos L Catterton, a colocou à venda em 2019. Quando a empresa americana de private equity, L Catterton, adquiriu a R.M. Williams em 2014, a empresa australiana de calçado e roupa com temática outback foi avaliada em cerca de 104 milhões de dólares australianos.

Retalhistas de moda do mundo inteiro observaram uma queda acentuada nas vendas, desde que a pandemia de COVID-19 levou ao fecho de fronteiras e ao confinamento, enquanto os governos tentavam conter a disseminação do vírus. Como resultado, a R.M. Williams de 88 anos, que conta com 900 funcionários na Austrália, fechou temporariamente a sua fábrica de Adelaide. Desde então, a empresa reabriu grande parte dos 68 pontos de venda, que estão localizados principalmente na costa leste do país.
 

© Thomson Reuters 2020 All rights reserved.