×
371
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Mango nomeia novos diretores globais de Retalho e Recursos Humanos

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
today 8 de jul de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

A Mango incorporou no seu comité de direção César de Vicente e David Gutiérrez, que são, respetivamente, os novos diretores globais de Retalho e Recursos Humanos, segundo indica a empresa catalã em comunicado.


Mango


Ambos os executivos reportarão a Toni Ruiz, diretor-geral da empresa desde outubro passado, que "dá por fechada a equipa que realizará a transformação digital da Mango".
 
Na sua nova posição, César de Vicente será responsável por planear e dirigir a atividade em todos os países onde a empresa está presente, além de melhorar as práticas de gestão e operações para maximizar as vendas e a rentabilidade.

O executivo conta com uma experiência de 13 anos na Kiabi. Durante os seus primeiros 10 anos na empresa, atuou como diretor-geral da filial em Espanha e, nos últimos três, liderou a área de Cross Channel Retail a nível mundial. O licenciado em Ciência Económicas e Empresariais pela Universidade de Valladolid, que também conta com uma pós-graduação em Comércio Internacional pela Universidade Politécnica de Madrid, também trabalhou na Promod, Decathlon e Sport Zone.

Por seu lado, David Gutiérrez tem como missão dirigir "a mudança cultural que deve liderar a transformação digital da empresa", com o objetivo de integrar todas as funções de Recursos Humanos da empresa catalã.
 
Gutiérrez tem uma experiência de 20 anos. Nos últimos três anos, ocupou o cargo de chief people officer da Privalia. Anteriormente, trabalhou na Foot Locker Europa, onde permaneceu mais de 10 anos, e também pertenceu à Kiabi. O exectuvio é formado em Administração de Empresas pela Skema Business School, em França.

Desta forma, a marca catalã culmina o reforço corporativo iniciado há alguns meses. No início do ano, a Mango contratou Josep Barberà como novo diretor financeiro para substituir Toni Ruiz, que ocupava esse cargo desde 2015. Também reforçou a sua equipa de supply chain com a contratação de José Ignacio Ejido e Sergio Márquez, como diretor de projetos e controlo de operações de supply chain e project manager de supply chain, respetivamente. A sua última incorporação foi a de Diego Sebastián em maio, como diretor de customer experience e retail innovation.

A Mango, fundada em 1984 e presente em mais de 110 países, contava no final do seu último exercício com uma rede de 2190 estabelecimentos e uma área comercial de mais de 800 mil metros quadrados. Enquanto aguarda a publicação dos resultados anuais da empresa em agosto, a Mango anunciou um aumento de 1,8% na sua faturação, para 2,233 mil milhões de euros em 2018.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.