×
Por
Jornal T
Publicado em
24 de nov de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Manifesto Uma Voz para melhorar o ecossistema de moda

Por
Jornal T
Publicado em
24 de nov de 2020

Chama-se manifesto "UMA VOZ” e é a prova viva do alinhamento entre os designers e criadores de moda de autor portugueses. Subscrito por 25 criadores portugueses, o documento quer “contribuir para um melhor ecossistema de moda em Portugal e de Portugal para o mundo”.



São três as principais inquietações que levaram o coletivo de 25 designers a criar o manifesto “UMA VOZ” que, através da união, alerta para as principais reflexões e desafios do setor da moda de autor em Portugal. Katty Xiomara, Luís Buchinho, Susana Bettencourt e Pé de Chumbo são alguns dos subscritores.

A primeira inquietação definida pelo grupo prende-se com a necessidade de “reconhecimento desta classe profissional enquanto entes ativos do desenvolvimento e representação da identidade nacional (…). Segue-se o apelo à “representatividade dos designers (…) durante o processo de definição das estratégias e ações de promoção apoiadas pelo Estado português”.

Por último, o coletivo procura definir algumas medidas que tornem possível um posicionamento mais competitivo da atividade da moda de autor que partilha dificuldades “coletivas e estruturais perdurando no tempo há vários anos”.

O manifesto é composto por “um grupo heterogéneo de criadores de várias gerações, com diferentes projetos, ambições e inquietações, mas com vontade de agir em união, para garantir a continuidade desta atividade (…)”, lê-se no documento.

Katty Xiomara, Pé de Chumbo Luís Buchinho, Miguel Vieira, Júlio Torcato, Fátima Lopes, mas também Susana Bettencourt, David Catalán, Diogo Miranda e Estelita Mendonça são alguns dos subscritores do movimento “UMA VOZ”.

Para além do manifesto, o coletivo definirá um conjunto de ações no sentido da defesa do setor, exemplo disso é a loja pop-up que em breve vão abrir no centro histórico de Guimarães. Esta será a primeira iniciativa do movimento que, de 27 de novembro a 19 de dezembro, reunirá artigos de 10 designers de moda de autor nacionais para venda direta ao público.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.