×
Publicado em
5 de dez. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

McDonald’s Portugal transforma fardas antigas em sacos para Fundação Infantil Ronald McDonald

Publicado em
5 de dez. de 2022

Em junho deste ano, a McDonald’s Portugal anunciou que os colaboradores da empresa iriam receber novas fardas, criadas e produzidas em Portugal num projeto com a coordenação do designer Paulo Cravo. Os uniformes antigos seriam reciclados, avançou à data a empresa. Agora, a McDonald’s revela mais pormenores sobre este projeto sustentável: as fardas anteriores, desenvolvidas pela designer Katty Xiomara em 2008, foram transformados em sacos para os Kits de Acolhimento de Higiene e Conforto que a Fundação Infantil Ronald McDonald entrega a famílias que acompanham as suas crianças internadas em sete hospitais em Portugal.


O novo projeto da McDonald's recicla os antigos uniformes dos seus 9500 colaboradores nacionais, transformando-os em sacos para a Fundação Infantil Ronald McDonald - Fotografia: McDonald's


Este projeto solidário 100% português concretiza-se, assim, na produção de 5500 sacos em tecido reutilizáveis. “Através de um processo totalmente feito em Portugal, a McDonald’s Portugal implementa, assim, mais um projeto de economia circular com impacto ambiental e social, convertendo um potencial resíduo têxtil num novo objeto útil, produzido a partir de matérias-primas 100% recicladas”, sublinha a empresa em comunicado. 

Para concretizar este processo, a McDonald’s Portugal associou-se a um conjunto de parceiros nacionais. Após a recolha de mais de 18 mil fardas a partir de todos os restaurantes do país pelo operador logístico HAVI, a Recutex – Recuperados Têxteis foi responsável pela transformação das fardas antigas, um passo que inclui etapas diversas, nomeadamente o processo manual de triagem de materiais e de fiação de um novo tecido, sem qualquer tingimento. Por fim, o HR Group (que é responsável pela produção das novas fardas, estreadas pelo staff em junho) concretizou a criação dos sacos reutilizáveis. 


Este projeto solidário 100% português concretiza-se, assim, na produção de 5500 sacos em tecido reutilizáveis - Fotografia: McDonald’s


Inês Lima, diretora-geral da McDonald’s Portugal, realça: “A circularidade está presente na forma como operamos o nosso negócio, e o processo de transformação das antigas fardas é mais um exemplo sobre como é possível criar uma verdadeira rede solidária a partir dos nossos restaurantes, passando pelos nossos parceiros, e contribuindo para o mais importante projeto social da McDonald’s: a Fundação Infantil Ronald McDonald. É para nós motivo de orgulho avançar com este projeto ao lado de empresas portuguesas como a Recutex e HR Group que, tal como nós, acreditam na inovação como alavanca para a mudança responsável.”

Copyright © 2023 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.