Michael Kors assume controlo da Versace

O grupo americano Michael Kors terá chegado a acordo com a empresa de luxo italiana para assumir o controlo da mesma por 2 mil milhões de dólares (1.700 milhões de euros), segundo a Reuters.


Ver o desfile
Versace - primavera-verão 2019 - Moda Feminina - Milão - © PixelFormula

Donatella Versace, diretora artística e vice-presidente do grupo milanês fundado pelo seu falecido irmão Gianni, convocou uma reunião de pessoal para terça-feira, dia em que poderá ser feito o anúncio oficial. A Versace não quis comentar estas informações.
 
De acordo com alguns rumores, o grupo de moda americano Michael Kors não estava sozinho na negociação, visto que a marca de joalharia Tiffany & Co poderá ter-se apresentado como compradora, tal como apontou o jornal italiano Corriere della Sera. De momento, ninguém na Michael Kors ou na Tiffany está disponível para fazer comentários.

A Versace havia previsto uma introdução ao mercado de ações após a participação dos fundos americanos da Blackstone no seu capital ter atingido os 20% em 2014, para financiar o seu desenvolvimento no estrangeiro. No início deste ano, o diretor geral Jonathan Akeroyd havia, no entanto, declarado à Reuters que o assunto não era urgente.
 
Até ao momento, a família Versace é proprietária do capital remanescente da empresa.

Traduzido por Estela Ataíde

© Thomson Reuters 2018 Todos os direitos reservados.

Luxo - Pronto-a-vestirNegócios
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER