×
316
Fashion Jobs
CONFIDENCIAL
Supervisor de Operações (m/f) - Sul
Efetivo - CLT · LISBOA
ADIDAS
Buyer (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
o2c Credit And Collections Manager (m /f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer - Italian Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Guimarães - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Guimarães
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Mar Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Matosinhos
ADIDAS
Senior Data Analyst (m/f) - Direct-tO-Consumer
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Junior Controlling & Reporting Specialist (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Tax Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Designer de Moda (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Alegro Alfragide - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Carnaxide
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Freeport - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Alcochete
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Castelo Branco - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Castelo Branco
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Palácio do Gelo - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Viseu
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Vasco da Gama - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Lisboa
ADIDAS
Senior Controlling & Reporting Specialist (m/f) - Temporary
Trainee · PORTO
ADIDAS
Senior Controlling & Reporting Specialist (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Assistant Accountant (m/f) - Direct-tO-Consumer
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Assistant Accountant - Accounts Payable
Efetivo - CLT · Porto
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
16 de jun de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Michael Kors desiste do desfile em setembro

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
16 de jun de 2020

Michael Kors reabre o debate sobre o calendário da moda. O designer nova-iorquino anunciou que não apresentará a sua coleção, em setembro próximo, mas ainda no outono, entre meados de outubro e meados de novembro, numa apresentação cujos contornos ainda não foram definidos. Este afastamento das passerelles pode mesmo continuar até fevereiro de 2021.


Último desfile de Michael Kors para a estação de outono-inverno 2020-21 - © PixelFormula


A ideia da marca é voltar com a sua linha Michael Kors Collection à produção e apresentação de duas coleções por ano, uma para a primavera-verão e outra para o outono-inverno, para permitir "uma abordagem mais racionalizada na loja". Esta decisão surge numa altura em que a pandemia de COVID-19 trouxe à luz as distorções do atual sistema de moda com os seus ritmos frenéticos e o excesso de produção, criando uma consciência entre os estilistas.

"Há muito que acredito que o calendário da moda tem de mudar. Estou entusiasmado por ver o diálogo aberto que foi lançado na comunidade da moda no calendário - de Giorgio Armani a Dries Van Noten, Gucci, Saint Laurent e grandes retalhistas em todo o mundo - sobre a forma como podemos abrandar o processo e melhorar a nossa forma de trabalhar. Todos tivemos tempo para reflectir e analisar as coisas, e penso que muitos concordam que é tempo de uma nova abordagem para esta nova era", disse o designer numa declaração à imprensa.


Michael Kors - outono-inverno 2020 - Womenswear - Nova Iorque - © PixelFormula


As entregas de produtos serão programadas para chegar às lojas gradualmente ao longo de cada estação, a fim de satisfazer as necessidades dos clientes o mais próximo possível, anuncia ainda a marca.

"É imperativo dar ao consumidor tempo para absorver as entregas de outono, que chegarão em setembro, e não confundi-las com uma superabundância de ideias adicionais, novas estações, produtos e imagens", explica o designer.

Segundo ele, os meses de setembro e março devem permanecer "meses-chave para lançar o início da campanha de vendas ao consumidor. É quando os principais conteúdos editoriais e mediáticos são publicados, o tempo começa a mudar e as pessoas estão prontas para absorver novas coleções e novos produtos que podem usar e comprar imediatamente", observa. Michael Kors que reavalia a forma como irá apresentar ao público e à imprensa a coleção de outono-inverno, "provavelmente entre março e abril".


Michael Kors - primavera-verão 2020 - Womenswear - Nova Iorque - © PixelFormula


A Kors vai agora providenciar a venda da recolha aos retalhistas, antes da sua apresentação ao público e à imprensa, dando tempo à cadeia de fornecimento e produção para fazer e distribuir o produto, com o objectivo de criar um ritmo mais saudável.

Giorgio Armani foi um dos primeiros a convidar o mundo da moda a reagir, a fim de "reparar o que está errado", "eliminar o supérfluo" e "recuperar uma dimensão mais humana". Na sequência disso, a Saint Laurent anunciou no final de abril que se retiraria do calendário da moda parisiense para 2020 "para seguir a sua própria agenda". Em maio, foi a vez de Alessandro Michele, o diretor artístico da Gucci, explicar que iria adoptar o seu próprio ritmo, especificando que não iria aparecer em setembro, ao mesmo tempo que confirmava a sua participação na Semana da Moda Digital de Milão, em julho.


Michael Kors - primavera-verão 2020 - Womenswear - Nova Iorque - © PixelFormula


Em simultâneo, o designer belga Dries Van Noten e o jovem estilista francês Marine Serre lançaram um manifesto assinado por muitas pequenas casas e retalhistas (incluindo Alexandre Mattiussi, Bergdorf Goodman, Chloé, Harvey Nichols, Lemaire, Nordstrom, Selfridges, Thom Browne e Y/Project), apelando a uma mudança real com redução da produção, viagens e promoções, bem como passerelles mais ecológicas. 
 

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.