Milano Unica antecipa sua edição de setembro para julho

Milano Unica lança sua revolução. O salão de referência para os tecidos italianos muda a data da sua edição consagrada às coleções invernais, antecipando sua habitual manifestação de setembro para o mês de julho, a uma data que ainda não foi feminina.

Milano Unica decorrerá em julho ao invés de setembro. - Milano Unica ph Erdna

O salão italiano, que perdeu terreno nesses últimos anos, se posiciona assim claramente à frente em relação aos outros salões têxteis. Milano Unica já havia testado o mercado lançando ano passado o Prima UM, um pequeno salão dedicado às pré-coleções. Mas, com a edição de setembro na esteira, as tecelagens transalpinas não podiam manter esses dois encontros tão próximos um do outro.
 
"A escolha desta antecipação é uma resposta rápida às mudanças que o mundo da moda está a viver", explica o presidente da Milano Unica, Ercole Botto Poala, admitindo que "não será fácil para as empresas estarem presentes com as coleções, dois meses antes do tradicional encontro do início de setembro".
 
"Mas eu convido todo mundo a fazer de uma forma que esta primeira edição de julho seja preparada da melhor das formas a fim de apresentar ao mercado as coleções mais completas possíveis", exorta o dirigente em um comunicado.
 
"Se o fizerem, serão muito corajosos", confiou ao FashionNetwork Gilles Lasbordes, o diretor-geral da Première Vision, durante a abertura do salão têxtil francês. Na realidade, precisa ver se os compradores realizarão suas encomendas a partir de julho, ou se eles se contentarão apenas com a observação das coleções, preferindo aguardar para fazer suas escolhas.

Traduzido por Anderson Alexandre Da Silva

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

TêxtilSalões de Moda
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER