×
314
Fashion Jobs
ADIDAS
Gbs Finance Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
CONFIDENCIAL
Supervisor de Operações (m/f) - Sul
Efetivo - CLT · LISBOA
ADIDAS
Buyer (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Buyer - Italian Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
ADIDAS
Sales Associate (Part-Time) Loja Adidas Estádio da Luz - Lisboa
Efetivo - CLT · Lisboa
MAJE
Vendedor(a) - Porto Norte Opening
Efetivo - CLT · PORTO
MAJE
Store Manager - Eci Porto
Efetivo - CLT · PORTO
EMPRESA DE MODA NO SETOR DO LUXO
Store Manager / Loja de Gama Alta
Trabalho temporário · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Guimarães - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Guimarães
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Mar Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Matosinhos
ADIDAS
Senior Data Analyst (m/f) - Direct-tO-Consumer
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Junior Controlling & Reporting Specialist (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
ADIDAS
Tax Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Designer de Moda (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Alegro Alfragide - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Carnaxide
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Freeport - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Alcochete
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Castelo Branco - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Castelo Branco
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Palácio do Gelo - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Viseu
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Vasco da Gama - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Lisboa
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
26 de fev de 2020
Tempo de leitura
5 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Milão: apresentações polidas numa cidade que ficou drasticamente deserta

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
26 de fev de 2020

Nenhuma cidade organiza apresentações de moda tão sucintamente quanto Milão, que encerrou a Semana de Moda no domingo com a cidade a fechar as suas portas drasticamente, após as primeiras mortes pelo coronavírus em Itália.
 

Plan C - outono-inverno 2020 - Milão- Fotografia : Plan C


A capital da moda italiana também abriga grandes desfiles de moda, como os da Prada, Fendi, Versace e Armani, mas, em geral, há duas vezes mais apresentações que desfiles de moda por dia. Muitas são objeto de encenações artísticas e não prejudicam as coleções reveladas nas passarelas. Assistimos a várias apresentações de produtos de moda e luxo, sendo que a última, da Fila, foi realizada no domingo (23), pouco antes da capital da Lombardia ser abandonada pelo mundo da moda de forma drástica.

Plan C

Plan C, a marca de moda de Carolina Castiglioni, está a crescer discretamente, mas de maneira muito convincente. Para a sua quarta coleção, Carolina Castiglioni organizou a sua apresentação numa garagem peculiar. Num grande círculo a girar em torno de vários carros, estavam duas modelos vestidas com elegantes casacos verdes em crepe. Abaixo delas, estavam brinquedos cuidadosamente escolhidos, pertencentes à filha de Carolina, Margherita. Os projetores difundiam as sombras dos brinquedos, como num filme noir de Orson Welles.

Algumas modelos posavam a representar a mulher cerebral e segura imaginada pela marca, vestidas com casacos com capuz, camisas fluidas em algodão branco, casacos masculinos com grandes botões contrastantes. "Um arsenal de moda urbana e sofisticada" resumiu a sempre elegante Carolina Castiglioni, filha de uma lenda da moda, Consuelo Castiglioni, ex-diretora artística da Marni.

A Plan C já opera com a sua loja própria no Japão e várias lojas pop-up na Isetan em Tóquio, no Bon Marché, em Paris e na Harvey Nichols, em Londres. Na Coreia, a jovem marca assinou uma parceria com a Samsung. Apenas dois anos após a sua criação, a Plan C distribui os seus produtos em 130 pontos de venda em todo o mundo, um resultado impressionante. Mas, não é de admirar, pois a moda corre nas veias da designer.
 
Valextra

No dia seguinte, encontrámos Carolina Castiglioni na apresentação da marca de carteiras e malas Valextra, na via Manzoni, a espinha dorsal do centro de Milão. Esta foi uma das cinco designers - com Sunnei, Massimo Alba, Arthur Arbesser e Double J - convidadas para desenvolver algumas carteiras para a Valextra, como parte de um encantador programa de colaboração.

A Sunnei teve a instalação mais impressionante - uma grande grua que subia e descia, revelando quatro versões da carteira Valextra Passepartout, feita no couro às riscas da marca. Massimo Alba ofereceu a sua mistura característica de velhos discos de rock e fotografias, juntamente com uma linha muito bem-sucedida de almofadas de couro. O artista vienense Arthur Arbesser optou por trabalhar em estampados de intársia muito refinados, enquanto Double J se inspirou em sedas estampadas locais. Criada pelo jornalista de moda JJ Martin, a Double J apresentou-se duas vezes nesta temporada, com uma série de roupas coloridas e bolsas lindas como parte de uma colaboração com a Acqua di Parma, revelada dois dias antes.

Para a Valextra, Carolina Castiglioni propôs uma nova versão do modelo "Iside Crossbody" decorada com um desenho da sua filha Margherita.


Valextra Extra Milano - Fotografia: Valextra


Trussardi

No dia anterior, a FashionNetwork.com participou na apresentação da primeira coleção de Elena Durazzi para a Trussardi. De facto, a primeira e última, já que a Trussardi planeia mudar de diretor artístico a cada temporada. O que, dada a qualidade das propostas de Elena Durazzi, nos deixa com gosto de quero mais. Boleros acolchoados chics, elegantes calças de veludo e o seu fato masculino clássico em Harris Tweed: tudo estava impecável na sua coleção.

A designer também deu um lugar de destaque ao trabalho do couro, com elegantes vestidos sem mangas em pele de veado e camisas militares em couro bege, usadas ​​por modelos em pé ou sentadas em móveis Trussardi, num apartamento neoclássico de Milão. No piano Yamaha, uma modelo tocava um som gospel, acrescentando graça a este verdadeiro momento de moda.
 
Roberto Cavalli

A marca, apesar das suas dificuldades, apresentou uma coleção de outono perfeitamente chic. Para os homens, camisas um pouco excêntricas com estampado de tigre, e para as mulheres, vestidos de chiffon vermelho com estampado de jaguar; e ótimos casacos Chesterfield para todos. Mas, o look mais memorável misturou quatro estampados de animais diferentes: um excelente casaco de couro com efeito python, calça de couro com estampado de anaconda, camisa de seda com estampado de jaguar e um cachecol tigrado. O suficiente para fazer uma entrada notável.

Para as mulheres, camisas de smoking com estampado de tigre e babador em piqué de algodão, combinadas com casacos xadrez que incorporavam perfeitamente o espírito Cavalli. O conjunto apresentado por um guerrilheiro italiano chamado Marco, repreendido pelo responsável de relações públicas da empresa por ter quase revelado o seu sobrenome. De facto, de acordo com este último, "a política da empresa proíbe revelar os nomes dos membros da equipa criativa".

O evento foi realizado num museu de moda lotado - o que não é a melhor maneira de mostrar uma coleção.


Durazzi X Trussardi - outono-inverno 20-21- Fotografia: Trussardi


Aspesi

Na Aspesi, a intenção era boa: a marca decidiu criar uma coleção inteira a partir de materiais reciclados. O único problema: as roupas não eram atrativas. A paleta de cores era deprimente, as silhuetas opacas e pouco lisonjeiras. Todas vestidas por modelos de aparência perturbadora, com cabelos cor verde-maçã ou azul-celeste. Um fracasso bastante explosivo entre as belas propostas de Milão.


Fila

Na antiga estação onde a Fila se apresentou no domingo à tarde - enquanto as ruas da cidade se esvaziavam rapidamente -, uma misteriosa cortina de gelo recebeu os visitantes. Uma vez na parte interna, era possível ver coleções de sapatilhas presas em imponentes blocos de gelo, modelos a desfilar numa passarela deslizante, grupos de skatistas e pós-esqui dispostos como troféus em mesas impressionantes, evocando os rigores do frio - um espetáculo muito bem-sucedido.

Desenhadas por Antonio Ingrasciotta e Josef Graesel, inspiradas em lendas do alpinismo e do esqui como Reinhold Messner e Ingemar Stenmark, as roupas, muitas vezes coloridas demais, transmitiam energia. Pudemos descobrir, notavelmente, um casaco de esqui amarelo e azul que se referia à roupa de Stenmark quando este venceu o Campeonato do Mundo, ou Messner (vestido de macacão Fila) após a sua conquista do Everest sem oxigénio.

Tudo acompanhado por um DJ que tocou faixas groovy. A Fila parece estar definitivamente de volta aos holofotes. Como sabemos, uma apresentação bem pensada em Milão às vezes é o suficiente para voltar a cair no gosto do público.

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.