×
305
Fashion Jobs
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa - CDI - Part-Time - 30h - m/h
Efetivo · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Madeira Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Funchal Rua - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Alma Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Coimbra
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Vendedor(a) - CDD 15h - 6 Meces - Porto Norte H/F
Temporario · SENHORA DA HORA
TOMMY HILFIGER (RETAIL)
Vendedor/a - 30h - Chiado
Temporario · LISBOA
Por
AFP-Relaxnews
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
26 de jan. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Millennials e Gen Z são agora os mais inclinados para comprar artigos de luxo

Por
AFP-Relaxnews
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
26 de jan. de 2022

Sabíamos que as gerações Y e Z se tornariam os principais alvos das grandes marcas de luxo, mas de acordo com um estudo, os compradores das mesmas deram uma grande guinada na compra de itens de luxo no ano passado, passando a comprar mais que as gerações anteriores. E esses consumidores mais jovens trazem novas expectativas para as marcas, principalmente em termos de novas tecnologias e sustentabilidade.


DR


Quem disse que o luxo era o território dos Boomers? Este já não é o caso; pelo contrário, as gerações mais jovens estão agora a voltarem-se cada vez mais para os itens de luxo. Essa é uma das descobertas do último estudo divulgado pela empresa de serviços de pagamento Klarna*: Gen Z (63%) e Millennials (63%) compraram mais artigos de luxo do que os mais velhos (45% para Gen X e 25% para Baby Boomers) nos últimos 12 meses.

Com a pandemia, as marcas de luxo entenderam a importância de acelerar a sua transição para o digital. Algo que se tornou essencial dado que os seus clientes se compõem cada vez de membros das gerações mais jovens. Intitulado "The State of Smooth: Unpacking Luxury in 2022", o estudo diz que oito em cada 10 consumidores de luxo veem o compromisso de uma marca com a inovação e as novas tecnologias como um critério de compra fundamental, e mais de um terço prefere aplicações móveis para fazer uma compra de luxo online.

Das redes sociais ao Metaverso



"Uma nova geração de compradores de luxo mais jovens e com experiência digital está a surgir, com novas preferências em relação à forma como compram e pagam", diz David Sykes, responsável da Klarna para a América do Norte. "Enquanto o fascínio das marcas (52%) e a exclusividade (39%) ainda impulsionam as compras de luxo, os compradores de luxo de hoje buscam maior flexibilidade e inovação nas suas experiências de compra.

Face a estes consumidores cada vez mais jovens, as marcas de luxo também não devem descuidar a sua presença nas redes sociais. Mais de oito em cada 10 consumidores da Gen Z (83%) e quase dois terços dos Millennials disseram que seguem marcas de luxo nas redes sociais. E quase tantos, respetivamente 75% e 63%, disseram que adquirem sempre algo depois de descobrirem um produto numa rede social, com o YouTube e o TikTok a liderarem.

E a corrida das grandes marcas de moda no Metaverso provavelmente não reverterá a tendência. Mais de seis em cada 10 entrevistados que já ouviram falar do Metaverso disseram estar interessados ​​em comprar artigos de luxo através desse novo canal. De um modo geral, há um interesse crescente dos consumidores por novas tecnologias, incluindo provas virtuais que permitem testar produtos sem precisar sair do sofá (22%).

Luxo, símbolo de sustentabilidade?



Entre qualidade, técnicas artesanais e circuitos locais será que o luxo pode ser símbolo de sustentabilidade? Aparentemente, sim. De acordo com aqueles que recorrem aos produtos de luxo atualmente. Quase seis em cada 10 entrevistados (59%) disseram que as suas compras de luxo são mais sustentáveis e mais de quatro em cada 10 disseram que a compra pode gerar economia no longo prazo devido à qualidade dos produtos. Em particular, a Gen Z tem como mentalidade "compre menos compre melhor".


* A pesquisa de luxo da Klarna foi realizada em colaboração com a agência de pesquisa Dynata entre uma amostra representativa de mais de 4.000 consumidores de 18 a 65 anos em cinco países, em outubro de 2021, incluindo 1.060 entrevistados em França.
 

Copyright © 2022 AFP-Relaxnews. All rights reserved.