×
302
Fashion Jobs
DIRETOR(A) INDUSTRIAL
Diretor(a) Industrial
Efetivo · MONACO-VILLE
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
DAMA DE COPAS
Consultora de Lingerie
Efetivo · PORTO
THE KOOPLES
Sales Assistant 16h - Eci Lisbon
Efetivo · LISBOA
EMPRESA DE MODA NO SETOR DO LUXO
Vendedor/a de Loja de Gama Alta
Temporario · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Foz Plaza - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Figueira da Foz
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Coimbra cc Forum Coimbra - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo ·
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa cc Chiado - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo · LISBOA
Por
Agência LUSA
Publicado em
11 de nov. de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Ministro da Economia salienta "lado bom" da proposta da Valérius sobre ativos da Dielmar

Por
Agência LUSA
Publicado em
11 de nov. de 2021

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, comentou na quarta-feira (10) o encerramento da Dielmar preferindo salientar o "lado bom" da proposta da têxtil barcelense Valérius sobre o ativo da empresa, considerando-a um possível exemplo para o futuro.
 


A Valérius apresentou uma proposta de compra da Dielmar no valor de 250 mil euros - Fotografia: Facebook Dielmar


"Aquilo que gostava de salientar é exatamente o lado bom disto. Nós recebemos uma proposta de uma empresa muito reputada e com grande experiência nestas operações de reestruturação de empresas, a Valérius, que apresentou uma proposta ao administrador de insolvência no sentido de ficar com os ativos da empresa e de contratar os trabalhadores da Dielmar para uma nova unidade industrial que quer manter ali em Alcains", disse hoje Pedro Siza Vieira.

O governante falava aos jornalistas à margem da apresentação do programa Empresas Turismo 360, que decorreu ontem no Observatório Astronómico de Lisboa, reagindo ao encerramento da atividade da Dielmar, decidido em assembleia de credores da empresa de confeções de Alcains, Castelo Branco, que decorreu ontem no Tribunal do Fundão.

"É muito importante que nós possamos manter atividade económica naquela freguesia, é muito importante, para isso, termos um operador privado com experiência, reputação e acesso aos mercados também fortes, que possam também assegurar a continuidade da atividade para aqueles trabalhadores que, como eu sempre disse, é o maior valor que a Dielmar tinha", considerou o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital.

Considerando a proposta da empresa minhota como "boas notícias", Pedro Siza Vieira indicou que "os representantes dos trabalhadores, maioritariamente, votaram a favor desta proposta" e "o Estado também votará".

"Julgo que os demais credores, nos próximos cinco dias - é essa a minha expetativa - também se manifestarão de acordo com essa proposta", anteviu o governante.

Pedro Siza Vieira apelidou ainda a história da insolvência e encerramento da Dielmar como "uma lição de que às vezes é melhor assegurar que os ativos empresariais encontram melhores mãos para poderem prosseguir a atividade com maior valor, do que propriamente estar a tentar manter situações que às vezes são ineficientes".

A assembleia de credores da empresa de confeções Dielmar decidiu ontem o encerramento definitivo do estabelecimento e deu cinco dias aos credores para se pronunciarem sobre uma proposta de compra da sociedade Valérius, no valor de 250 mil euros.

A assembleia de credores que decorreu no Tribunal do Fundão determinou ontem, 100 dias após ter declarado a insolvência da empresa de confeções Dielmar, avançar com o seu encerramento definitivo, o que permite aos cerca de 240 trabalhadores irem, no imediato, para o desemprego.

Contudo, o administrador da insolvência, João Gonçalves, informou os credores da chegada, na terça-feira, de uma proposta da sociedade Valérius, no valor total de 250 mil euros.

A proponente compromete-se ainda a reabrir a empresa e a ir buscar 200 trabalhadores, de uma forma faseada e após uma formação teórica de um mês e outra em contexto de trabalho, resultante de uma parceria entre esta sociedade e o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

JE (CCC) // EA (Lusa)

Copyright © 2022 Agência LUSA. Todos os direitos reservados.